MARKETING JURÍDICO: COMO CONQUISTAR CLIENTES NA ADVOCACIA

Wagner Santos 06/08/2021 Notícias

Se você atua na área da advocacia e planeja atrair mais clientes para o seu negócio, saiba que isso é muito simples e até possível – Tudo dependerá da forma como você coloca o seu marketing jurídico em prática.


Em tese, a estratégia é utilizada por muitos profissionais desta área que visam atrair mais público para o seu escritório, fechar novos contratos e até mesmo gerar valor para as suas vidas através de conteúdos relevantes.

Gerar conteúdo de qualidade e com uma linguagem simples é indispensável para conquistar clientes atualmente, veja o exemplo deste advogado de direito sucessório de Valinhos SP, ele criou um blog com os principais assuntos relacionados ao direito de família e sucessões.

E, para te ajudar a se destacar no ambiente digital, separamos uma lista de 4 técnicas para você atrair ainda mais clientes para o seu negócio. Que tal?

Se ficou interessado, continue lendo esse artigo que preparamos exclusivamente para você. Bora lá?

Marketing Jurídico: Atraia Mais Clientes para o seu Negócio em 4 Passos Simples

A seguir, listamos 4 passos simples para você pôr em prática hoje mesmo na sua estratégia de marketing jurídico do seu negócio.

Preparado para saber mais sobre como conquistar clientes fiéis para o seu escritório? Então vamos lá!

#1 – Mantenha a Atenção nos Seus Clientes Atuais

O primeiro passo para você ter sucesso na sua estratégia de marketing jurídico, é focando sua atenção naquelas pessoas que já fazem parte do seu negócio, isto é, a base de clientes recorrentes do seu escritório.

Ainda que você tenha especialidade ou interesse em áreas diferentes daquelas que você costuma atuar, lembre-se de que seus atuais clientes ainda precisarão dos seus serviços para se manterem assessorados nos ramos de Direito.

Para isso, você pode até mesmo contar com a ajuda de outros advogados, de forma que se possa realizar esse suporte sem que a estrutura do seu escritório seja alterada, ou seja, realizar parcerias com outros profissionais da área.

Desta maneira, você será capaz de solucionar diversos problemas jurídicos de seus clientes, sem que haja a necessidade de resolvê-los diretamente, mas sim, com o apoio de outros profissionais da sua confiança que atuam nesta área.

A partir disso, seu cliente tende a se sentir mais fidelizado ao seu negócio e a construir uma relação mais próxima a longo prazo.

Não só isso, tanto você, quanto o seu escritório, e até mesmo os seus advogados parceiros tendem a usufruir de diversas vantagens que esta estratégia produz, pois nutrirá uma relação de confiança e prestando serviços de qualidade.

#2 – Defina a sua Persona

Além do público-alvo, a persona é – de fato – o personagem mais importante para que qualquer tipo de negócio cresça, inclusive, para os escritórios de advocacia.

Entenda que independente da área que você atue, a primeira etapa para que o marketing funcione, é a determinação do seu cliente ideal, pois é através dele que você vai direcionar conteúdos relevantes para as pessoas certas.

Diante disso, você deve definir com exatidão algumas características-chave que serão o ponto de partida para execução da sua estratégia de marketing jurídico, tais como:

  • Nome fictício;
  • Idade;
  • Profissão;
  • Estilo de vida;
  • Entre outras informações.

Estes dados te ajudarão a compreender melhor as dores dos seus clientes e a fornecer a solução mais viável para as suas necessidades.

Além disso, essa etapa também será o caminho que você conseguirá determinar a linguagem que será utilizada para falar com o seu público, seja ele um consumidor físico, ou um empresário preocupado em solucionar os problemas regulatórios da sua empresa.

Por fim, tenha em mente que ao não definir a sua persona, será impossível obter resultados satisfatórios, uma vez que não terá capacidades de planejamento ou na resolução de estratégias.

#3 – Defina as suas Palavras-Chave

Nesta fase, é importante definir quais serão as palavras-chaves que serão utilizadas na sua estratégia de marketing de conteúdo.

Assim, será mais fácil atrair tráfego para o seu site, e clientes em potencial que estarão predeterminados em fechar contratos com o seu escritório.

É claro que, para ter sucesso na sua estratégia de marketing jurídico, você deverá prestar atenção a dois fatores muito importantes, que são:

  • Nicho de atuação: nesse primeiro aspecto, é importante estar atento aos problemas que são recorrentes em seu negócio, e que estão intimamente atrelados às dúvidas dos seus clientes – a ideia é criar conteúdos que sejam relevantes para a sua persona, independente do estágio em que ela se encontra;
  • Volume de buscas: nesse estágio, é importante mensurar a proporção de buscas por uma determinada palavra-chave nos mecanismos de pesquisa, isto é, as palavras-chave que foram escolhidas por você.

Existem uma infinidade de ferramentas que podem te ajudar nesta questão.

Por exemplo, empresas como a Ubersuggest ou Semrush, são excelentes opções para realizar estas análises, além de que são eficazes quando o assunto é descobrir quais serão os próximos assuntos que serão elencados na sua página.

#4 – Visualize a Jornada de Compra dos seus Clientes

Após definir quais conteúdos serão produzidos, é hora de determinar quais etapas sua persona deverá passar até descobrir como o seu escritório poderá ajudá-la resolução de problemas.

Por exemplo, no topo do funil de vendas, é normal que o seu cliente ainda não conheça as soluções que você oferece – e nem tanto tenha ideia de que há um problema para ser resolvido.

Deste modo, é considerado a criação de conteúdos relevantes – como explicamos no último tópico – de forma que eles conheçam o seu serviço, e contribua assim, para seu processo de aprendizado e descoberta.

Você pode até mesmo apostar na criação de artigos que divulguem uma decisão favorável ao contribuinte, expondo ideias que podem ser usadas para determinar a concessão de um direito.

Portanto, ao realizar a distribuição destes conteúdos, seu escritório passa a ganhar mais confiança, se tornar uma fonte de conhecimento para aquela persona e, acima de tudo, uma opção para uma possível decisão contratual.

Além disso, ao viabilizar a sua estratégia de marketing jurídico ao seu papel como advogado dentro da sociedade, você será capaz de levar conhecimento aos cidadãos e os alerta sobre os direitos que devem ser mantidos pelo judiciário.

Sendo assim, ao entenderem que há um problema a ser resolvido, na etapa central do funil, isto é, no meio do funil, você já poderá criar conteúdos que sejam voltados para a apresentação das soluções de seus problemas.

Aqui, você já pode apresentar alguns serviços que são ofertados pelo seu escritório e assim aumentar o seu leque de oportunidades.

Já na última etapa do funil de vendas, é importante apresentar as vantagens em contratar os seus serviços, demonstrando sua especialidade na área e o seu diferencial diante de seus concorrentes.

Conclusão

Uma das formas de fazer a divulgação dos conteúdos que são publicados em seu blog ou site, é através da mídia paga ou por meio do tráfego orgânico, que podem ser tanto feitos a partir de ferramentas como os mecanismos de buscas, quanto nas redes sociais.

Ao utilizar o marketing jurídico em seu escritório, as chances de aumentar a sua conversão serão ainda maiores e melhores, isso porque você investirá em conteúdos qualificados para pessoas certas.

Inclusive, você pode utilizar as redes sociais para divulgação de seus artigos, como também para desmembrar estes conteúdos em diversos posts para o Instagram, Facebook e LinkedIn.

E claro, nutrir o relacionamento com o seu cliente é outro processo do marketing jurídico que não deve ser deixado de lado.
Por isso, faça questão de enviar boletins informativos para sua lista de e-mails, após baixarem materiais gratuitos disponibilizados em seu site – deste modo, sua persona entende que poderá contar com os seus serviços a qualquer momento.

Isso gera mais valor para o seu escritório de advogados, além de estabelecer uma relação mais confiável com o seu público. Bacana, não é?

Portanto, que tal começar hoje mesmo a sua estratégia de marketing jurídico, seguindo todas as dicas que deixamos para você?
Ah, e não esquece de compartilhar com os seus novos parceiros, assim todos saem ganhando e não fica com pulgas atrás da orelha.

Outros artigos

Protetor Solar L’Óreal Kids Preços

17/01/2011

Protetor Solar L’Óreal Kids Preços

Protetor Solar L’Óreal Kids Preços As crianças adoram praia, piscina, toda brincadeira com água é um atrativo maravilhoso para as crianças, mas é necessário certo...

Curso Abril de Jornalismo 2011

06/04/2010

Curso Abril de Jornalismo 2011

Saiba que o Curso Abril de jornalismo é totalmente gratuito, o mesmo vem com o intuito de ajudar as pessoas a conseguirem ingressar com sucesso no mercado de tra...

Aquecedores Ponto Frio

30/06/2011

Aquecedores Ponto Frio

O frio chegou e nessa estação o que mais predomina são os dias frios, ou melhor, as temperaturas muito baixas que para muitos é um verdadeiro incomodo principalm...