Livros sobre maternidade: dicas

  Ser mãe não é uma tarefa fácil, ainda mais para quem está passando pela experiência pela primeira vez. É natural ter dúvidas sobre…

A maternidade pode assustar, masa informação ajuda (Foto: Divulgação)

 

Ser mãe não é uma tarefa fácil, ainda mais para quem está passando pela experiência pela primeira vez. É natural ter dúvidas sobre como agir, o que fazer com o bebê no dia a dia e até como educar os filhos que eles crescem e começam a questionar das coisas mais bobas as mais complexas. Antigamente, as novas mamães só tinham as suas mães e avó da criança, para auxiliar no tratamento com o seu filho. Hoje em dia existe a internet e os livros para que o conhecimento e os mitos e verdades sobre a maternidade sejam desvendados. Para auxiliar nessa nova fase da sua vida, resolvemos indicar alguns livros:

 1 – Eu Era uma Ótima Mãe Até Ter Filhos 

 Pode ser que o título deste livro faça você rir e dizer sem titubear: “É verdade!” Afinal, ele resume a sensação que muitas mães experimentam de vez em quando: a maternidade é um “pouquinho” mais complicada do que elas imaginavam. Munidas de uma grande dose de bom humor, as autoras levantam uma série de questões que assolam as mães modernas, em sua maioria desesperadas para cumprir suas 1.001 funções com perfeição. Será que esses conflitos também fazem parte da sua vida?

Editora: Sextante / Gmt

Os livros ajudam na dificil tarefa de ser mãe (Foto: Divulgação)

2 – O Dom da Maternidade – 10 Verdades para Todas as Mães

O Dom da Maternidade” é um guia prático, filosófico e espiritual que orienta o que, indiscutivelmente, é o relacionamento que mais evolui na experiência humana, a criação dos filhos. Inspirada no relacionamento com a própria filha, e em dados fornecidos por pais, Chérie Carter-Scott dá dicas úteis sobre a educação dos filhos nestes dias difíceis.

Editora: Rocco

3 – A Máscara da Maternidade

A nossa última indicação é um livro de auto-ajuda. “A Máscara da Maternidade” oferece uma reflexão profunda que mostra que os medos, as frustrações e as confusões dos primeiros tempos da maternidade não são prova de fracasso pessoal, mas do fracasso de uma miríade de estruturas que não funcionam, de expectativas extravagantes e de demandas conflitantes.

Editora: Melhoramentos
Top