Dreadlocks: dicas, cuidados, como lidar

O dreadlock não é apenas um penteado, mas também uma manifestação cultural africana. Ele surgiu com o movimento dos rastafáris e, desde então, fez…

Por Editorial MDT em 01/02/2012

Na cabeça de Bob Marley, os dreadlocks ganharam o mundo. (Foto: Divulgação)

O dreadlock não é apenas um penteado, mas também uma manifestação cultural africana. Ele surgiu com o movimento dos rastafáris e, desde então, fez a cabeça de muita gente, tanto anônima quanto famosa. Afinal, quem não se lembra de Bob Marley, Whoopy Goldberg ou Lenny Kravitz com os seus dreads maravilhosos? No entanto, esse não é um penteado fácil de ser feito e muito menos de ser cuidado. Por isso, se você é adepto do estilo dread, veja aqui algumas dicas de cuidados com os dreadlocks.

Em primeiro lugar, é preciso saber que os dreads devem ser cultivados com muito amor e paciência. A cada mês, vá ao salão de beleza para enrolar de novo os fios, principalmente os da raiz, que vão crescendo sem os dreads.

Até o sexto mês, os dreads são somente moldes para o desenvolvimento futuro deles. Sendo assim, nesse período, a manutenção deve ser constante para a formação de dreads saudáveis. Após esse tempo, eles estarão mais maduros e firmes e, portanto, a manutenção poderá passar a ser trimestral.

Quanto mais tempo os dreads forem cultivados, mais bonitos eles ficam. (Foto: Divulgação)

Evite usar bandanas aflaneladas e toalhas felpudas, pois elas soltam partículas que ficam grudadas nos dreads. Em alguns casos, é necessário até desfazer o penteado para limpar esses resquícios em sua totalidade.

Lave o cabelo regularmente com xampus anti-resíduos ou com sabonetes de coco. Em hipótese alguma, utilize o condicionador porque ele acabará com os seus dreads. Para secar, use o secador na temperatura fria para que a umidade não prejudique o penteado. Se preferir, lave o cabelo de manhã para que ele seque naturalmente, sob o sol.

A raiz deve ficar constantemente aberta para que não haja acúmulo de água no local, o que pode fazer com que surjam fungos. Por isso, fique sempre atento ao mau cheiro, que é sinal de fungos no seu cabelo. Se isso ocorrer, corra para o salão a fim de retirar os dreads da cabeça.

Sempre deixe a raiz respirar para não criar fungos na cabeça. (Foto: Divulgação)

Os dreadlocks são muito bonitos, porém, você precisará de muita paciência e cuidado para cultivá-los. Por isso, não se esqueça de seguir as nossas dicas para não prejudicá-los e torná-los cada vez maiores e mais saudáveis. Afinal, eles são representações de um movimento e de uma luta africanos, e não apenas um penteado.

 

 


Top