Dores que não podem ser ignoradas

Todos nós alguma vez já experimentamos dores aleatórias, misteriosas e em muitos casos persistentes. A maioria não deixa que isso afete o dia a…

Todos nós alguma vez já experimentamos dores aleatórias, misteriosas e em muitos casos persistentes. A maioria não deixa que isso afete o dia a dia e normalmente a dor vai embora da mesma forma que chegou. Entretanto, é preciso ter alguns cuidados. Saiba mais sobre as dores que não podem ser ignoradas.

As dores de cabeça não devem ser ignoradas. (Foto: divulgação)

Dores

Uma sensação de dor, de maior ou menor intensidade, em qualquer parte do corpo é algo comum no dia a dia. Quando se trata de sensações de diferentes intensidades, os médicos orientam que muitas dores subestimadas ou encaradas como corriqueiras podem ser indicativas de que o corpo não está nada bem. Ficar atento para os sinais o quanto antes é uma das principais medidas preventivas.

A dor é um mecanismo de proteção que indica quando algo nocivo está ocorrendo no corpo. Não é necessário esperar que ela apareça para realizar exames preventivos, já que nem sempre ela está presente, mesmo em doenças graves. Porém, existem algumas dores que nunca devem ser ignoradas.

As dores em uma parte do corpo podem ter localizações exatas e significados diferentes. Um exemplo são as abdominais. Elas podem ser subdivididas em áreas e apresentar diferenças sutis que levam a diagnósticos diferentes.

As dores nas costas podem esconder muitas doenças. (Foto: divulgação)

Veja também chás que combatem dores 

Dores que não podem ser ignoradas

1. Dor de cabeça: dos 10 aos 50 anos de idade, ela pode ser causada por alterações de visão e hormônios. Acima dessa faixa etária, pode estar relacionada com doenças como a hipertensão;

2. Dor de garganta: pode estar relacionada com processos infecciosos causados por vírus e bactérias. Esse problema pode também ser sinal de certos tumores nas vias aéreas ou digestivas;

Continuar Lendo  Cremes antirrugas Nívea

3. Dores no peito: pode representar uma simples dor muscular ou, quando intensa e aguda, pode indicar um problema cardiológico, como angina ou infarto;

4. Dor abdominal: uma dor forte na parte baixa do abdome pode ser sinal de diverticulite aguda. Já a dor na boca do estômago pode ser cólica ou infecção na vesícula biliar, ou ainda uma apendicite aguda. As cólicas intestinais com presença de muco ou sangue podem ser sugestivas de colite ou tumores intestinais;

5. Dor nas costas: a má postura e o esforço físico podem machucar a coluna lombar. Além de provocar dor nessa região, podem encobrir um câncer de pâncreas;

6. Dor nas pernas: essa dor pode ter muitas causas, desde problemas vasculares e artrose, até doenças como diabetes e hipotireoidismo. Além disso, podem indicar a presença de doenças articulares.

As dores no peito podem indicar um infarto. (Foto: divulgação)

Veja também como aliviar dores nas pernas 

As dores podem ser indicativas de vários problemas no nosso organismo. Por isso, é importante ficar atento caso elas apareçam. Doenças graves podem ser diagnosticadas através de algumas dores, por isso, ao surgirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. Fique de olho nas dores que não podem ser ignoradas.

Top