Dilma visita a Bélgica

A presidente Dilma Rousseff chegou na Bélgica neste domingo (2) para uma visita ao país com objetivo de discutir alguns assuntos e realizar negociações.…

Por Redacao em 03/10/2011

A presidente Dilma Rousseff chegou na Bélgica neste domingo (2) para uma visita ao país com objetivo de discutir alguns assuntos e realizar negociações.

Em reunião nesta segunda-feira (3) com o primeiro-ministro do país, Yves Leterme, Dilma Rousseff falou sobre a experiência do Brasil em enfrentar crises e ressaltou inúmeras vezes a atitude do país de não permitir que a atual atinja drasticamente sua economia, durante o assunto da crise mundial, dando conselhos para futuras medidas da Bélgica.

Discussão sobre a dívida soberana da zona do euro, economia global e energia nuclear foram os principais temas da reunião da manhã de hoje. Dilma e Leterme chegaram a conclusão que os países devem se apoiar no que se diz tratamentos de resíduos nucleares e expandir as relações bilaterais, ou seja, estabelecer mecanismos legais que permitam a troca de experiências internacionais de sucesso.

Além disso possíveis ações futuras foram levantadas para aumentar a parceria entre Brasil e Bélgica. Uma delas foi o interesse de empresas belgas nos processos de seleção que acontecerão daqui algum tempo na área de satélites espaciais, principalmente satélite geoestacionário, e nos assuntos de logística, como na área dos portos, gestão de hidrovias e aeroportos, os quais a Bélgica possui muita experiência.

Firmar acordos acadêmicos também é uma das finalidades da visita. Dilma Rousseff deseja propor intercâmbios de estudantes brasileiros em universidades belgas, através do programa Ciência Sem Fronteira.

Por fim, as negociações mais esperadas são nas áreas de transporte aéreo, ciência tecnológica e inovação, políticas espaciais, cultura e turismo.

Dilma também agradeceu o apoio belga na sua ação de defesa da ampliação do Conselho de Segurança das Nações Unidas, reforma essa apresentada durante a Assembléia Geral da ONU. A presidente também convidou Leterme para participar da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que deve acontecer em junho de 2012 no Rio de Janeiro, ressaltando a importância dos povos focarem no futuro da humanidade, preservando o bem estar humano e respeitando o meio ambiente.

Hoje (3) a noite, Dilma ainda deve participar de um jantar com presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, e com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Bosco. Amanhã, terça-feira (4), a presidenta discutirá na 5ª Cúpula Brasil – União Europeia a crise econômica mundial e o reconhecimento do Estado Palestino e as relações com Israel.

A visita de 7 dias na Europa levará Dilma Rousseff a visitar também a Bulgária e Turquia, com chegada programada para a noite de terça-feira (4) e manhã de sexta-feira (7), respectivamente.

Top