Dicas para voltar ao mercado de trabalho

Ser demitido gera muitos problemas. Você fica sem a certeza se vai conseguir pagar suas contas, além de ter que recomeçar no mercado profissional.…

Procure emprego todos os dias (Foto: Divulgação)

Ser demitido gera muitos problemas. Você fica sem a certeza se vai conseguir pagar suas contas, além de ter que recomeçar no mercado profissional. Porém, o problema fica ainda maior se você não consegue outro emprego rapidamente. Voltar a atuar no mercado de trabalho nem sempre é uma tarefa fácil. Muitas áreas estão saturadas de profissionais, o que dificulta o ingresso das pessoas que tinham antes uma colocação no mercado.

E quanto maior for o valor do salário anterior, mais difícil é encontrar uma colocação no mercado de trabalho, isso porque a pessoa demorou anos para chegar naquele patamar salarial e de conhecimento, por isso tem rendimentos bons, e agora possui gastos que estavam de acordo com o seu salário mensal. Com a demissão repentina alguns gastos continuarão por muito tempo assombrando a família e a necessidade de encontrar um trabalho que pague um salário equiparado ao anterior é ainda maior.

Peça ajuda para os amigos (Foto: Divulgação)

Para voltar ao mercado de trabalho é necessário buscar a oportunidade, pois ela não cairá em seu colo de “mão beijada”. Compre classificados, cadastre o seu currículo em sites que oferecem empregos, mande e-mail para os seus contatos comunicando que está disponível para uma nova colocação do mercado de trabalho. Não informe de imediato a sua pretensão salarial, pois se for muito alta pode ser que você perca a oportunidade de uma entrevista, que mesmo que não for para a colocação desejada, possa abrir muitas portas naquela empresa.

Busque fazer cursos gratuitos (se não tiver uma condição financeira favorável) que possam te auxiliar na formação. A internet é uma ferramenta para a realização de cursos rápidos que possam render bons frutos. Busque se profissionalizar através de cursos. Não deixe a oportunidade de estudo passar, pois o profissional qualificado sempre tem espaço no mercado de trabalho. Se possível, realize cursos de idiomas. Uma pessoa que fala no mínimo o inglês ganha um salário 20% maior que uma pessoa que não tem nenhum conhecimento na língua estrangeira.

Busque meios de ter uma renda alternativa (Foto: Divulgação)

Não deixe o desânimo tomar conta. Procure emprego todos os dias, somente assim será possível ter uma nova oportunidade. Enquanto o novo trabalho não chega contenha os gastos. Não desperdice nada, seja comida, eletricidade, água ou em outro meio de desperdício. Para ganhar um dinheiro extra busque uma fonte de renda nova, como a venda de semi-joias, cosméticos ou a realização de serviços braçais. O que você pode e não deve fazer é ficar de braços cruzados.

Leia Também:  Vagas de Emprego para Corretor RJ 2011

Top