Dicas para Renegociar Dívidas

Muitas pessoas acabam se enrolando nas próprias divida, e ao invés de sair do vermelho, sempre acabam entrando mais e mais, pois não conseguem…

Por Redacao em 29/07/2011

Muitas pessoas acabam se enrolando nas próprias divida, e ao invés de sair do vermelho, sempre acabam entrando mais e mais, pois não conseguem pagar uma divida e acabam fazendo novos empréstimos para tentar suprir as que já existem. É um clico vicioso que dificilmente poderá se romper se não tiver controle.

E como nós sabemos que muitas pessoas passam por este problema é que hoje resolvemos trazer algumas dicas sobre como renegociar suas dívidas, sem entrar em novas dívidas.

Então vamos às dicas. Não espere que a sua dívida cresça se logo no inicio você perceber que não terá como pagar corretamente as contas, procure resolver o problema imediatamente e para isso você precisa procurar os credores e expor a sua situação verdadeiramente.

Quando você for fazer negociação tente colocá-las com um prazo mais longo, pois assim irá evitar que você faça parcelas maiores que não cabem em seu orçamento, ainda que fique por um tempo maior será o mais coerente.
No momento de fazer a negociação com o seu credor, se possível vá pessoalmente resolver, assim você já irá pagar o que realmente deve, sem acréscimo algum, e não procure empresas de renegociação de dívida, porque assim ela pode até resolver, mas não se esqueça de que vai lhe cobrar um valor por este serviço, e como você estar querendo diminuir as despesas não será interessante.

Quando nós deixamos uma dívida crescer sempre ao final terá um amontoado de juros, por isso quando for renegociar sua dívida procure ver qual era o seu valor real, pois assim você poderá ver o quanto de juros está lhe cobrando e depois chame para um acordo com um valor intermediário, por que se for muito baixo com certeza seu credor não vai querer aceitar. É muito importante você saber que juros acima de 2% não podem ser cobrados de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

E se sua dividas já estiverem muito acima do seu orçamento, utilize o que receber de férias, de decimo terceiro, seja qual o for o dinheiro a mais que entre no seu orçamento para quitar suas dividas este é o seu principal objetivo, ficar livre de qualquer débito. E se este é seu alvo nem pense em fazer seja qual for o investimento, num momento como este só irá atrapalhar ainda mais a sua vida financeira.

E nunca tenha vergonha de procurar a quem deve para tentar renegociar sua divida afinal é muito pior você ficar enrolando as pessoas ou até mesmo empresas, só quem tem a perder é você, que ficará com uma fama de mal pago. Aproveite nossas dicas de como renegociar dívidas  e saia do vermelho hoje mesmo, podendo voltar a sua vida, com mais controle é claro, de poder consumir e comprar as coisas que deseja e necessita. Com o seu nome limpo você vai ter grande alternativa de poder recomeçar sua vida sem preocupações.

Top