Dicas para pagar menos Imposto de Renda

Dicas para pagar menos Imposto de Renda

Élida Santos 09/04/2018 Notícias

Todos os anos milhares de contribuintes devem fazer a Declaração do Imposto de Renda e é sempre uma preocupação grande, com o valor que deverá pagar. Porém é possível pagar menos imposto, você sabia? Para ajudar você a pagar menos Imposto de Renda nós selecionamos algumas dicas abaixo. Leia e consiga seu objetivo.

A declaração de Imposto de Renda pode ter impactos menores sobre a sua renda (Foto: Divulgação)

Alguns macetes na hora de declarar o Imposto de Renda podem render uma economia. De acordo com o formato utilizado pelo contribuinte no momento de abrir o jogo com o “leão”, a taxa pode ser maior ou menor. Se você ainda não declarou os bens e o faturamento para a Receita Federal nesse ano, veja abaixo algumas dicas para não gastar com tributos mais que o necessário:

Todos os anos milhares de contribuintes declaram IR (Foto: Divulgação)

1. Declaração individual

As pessoas casadas devem ficar atentas para optar pela declaração separada de acordo com a renda. Quando uma das partes do casal possui pouca renda ou até mesmo nenhuma, é vantagem declarar junto. Isso porque, em casos de faturamento médio ou alto, cada um ganhará individualmente uma isenção de 18.799,32 reais sobre a renda tributável.

Imposto de Renda 2018 faça sua declaração (Foto: Divulgação)

2. Divida os bens comuns do casal

A renda de bens comuns pode ser dividida entre o casal. No caso de uma residência alugada, por exemplo, essa possibilidade poderá livrá-los de arcar mensalmente com o carnê de Imposto de Renda e diminuir a taxa sobre a renda tributável de cada um. A Receita determina que aluguéis de mais de 1.566,61 reais estão sujeitos à cobrança de IR. Por isso, se forem cobrados 2.800 reais de um inquilino, marido e mulher podem declarar, cada um, 1.400 reais mensais a título de recebimento de aluguel.

Fique atento aos detalhes para não gastar com tributos mais que o necessário (Foto: Divulgação)

3. Adicione melhorias e reformas de imóveis

Quando uma pessoa declara um imóvel sempre coloca o valor pelo qual adquiriu. Porém, se houver valorização do espaço, o imposto cobrado pela Receita Federal será maior. No entanto, a valorização do local não pode ser informada na declaração. O único modo de aumentar o valor do imóvel é mencionando as reformas, mas fique atento, pois só pode fazer isso quem guarda todos os comprovantes dos gastos com o bem.

Declaração do imposto de renda deve ser entregue via computador, até o dia 30 de abril (Foto: Divulgação)

4. Subtraia taxas no cálculo do ganho de capital

No caso de fundos com cotas negociadas em Bolsa, ações e títulos públicos, o contribuinte pode adicionar ao valor declarado de seus bens os gastos com as taxas de corretagem, custódia e emolumentos. Isso também vale para os casos de ações, e dos imóveis. Desta maneira, o Imposto de Renda devido incidirá sobre o menor montante quando o cidadão se desfizer desses bens. Entre em contato com um contador e verifique as possibilidades de economia no IR que podem abranger a sua declaração antes de finalizá-la.

Outros artigos

Cartão de crédito gospel: saiba mais

09/05/2013

Cartão de crédito gospel: saiba mais

Os evangélicos formam um público cada vez mais numeroso no Brasil, provocando mudanças não apenas no cenário religioso, mas também no mercado econômico, onde os prot...

AcessaSP cursos gratuitos 2016

08/07/2016

AcessaSP cursos gratuitos 2016

Cursos gratuitos do AcessaSP estão com as inscrições abertas na cidade de São Paulo, trazendo novas oportunidades de aprendizado e qualificação em várias áreas do co...