Dicas para aprender a andar de salto alto

Quando se pensa em salto alto, logo vêm à mente as características de poder, sedução e elegância que ele confere às mulheres. Um salto…

Por Editorial MDT em 14/02/2013

Quando se pensa em salto alto, logo vêm à mente as características de poder, sedução e elegância que ele confere às mulheres. Um salto modifica, consideravelmente, a postura e corpo feminino. Ele ajuda a tornear as pernas, melhorar a posição da coluna (que fica mais ereta, na hora do uso), além de empinar o bumbum. É importante ressaltar, no entanto, que estes calçados não trazem benefícios ao corpo. Eles podem, ao contrário, causar problemas de coluna, lesões nos joelhos e outros danos, quando usados exageradamente e de forma errada. O caráter benéfico dos saltos está na beleza que eles proporcionam, no momento em que estão sendo usados. De qualquer forma, mesmo que a pessoa os odeie, chegará um momento em que será preciso usá-los. Portanto, é preciso aprender a andar de salto alto. Caso contrário, a mulher irá “pagar mico”, andando toda torta e desequilibrada, além de correr o risco de cair e se machucar.

O salto alto é um desafio para muitas mulheres (Foto: Divulgação)

Aprendendo a usar salto alto

Para aprender a usar salto alto, a palavra de ordem é treino. A mulher deve começar, aos poucos, com saltos pequenos. A dica é usar qualquer tipo de calçado que tenha um saltinho mais baixo, andando nas ruas ou mesmo dentro de casa. Quando não se sabe andar com saltos altos, o que se sente é medo e insegurança. Portanto, ao treinar com saltos menores esse receio irá se transformar, aos poucos, em confiança. Nesta fase, são indicados os modelos mais grossinhos ou quadrados. Conforme a evolução do treinamento, vai-se evoluindo para outros maiores e mais finos.

Os pés precisam se acostumar a esta posição (Foto: Divulgação)

Quando achar que já é o momento de arriscar um calçado mais alto, a dica é apostar no salto anabela. Ele é alto, porém grosso e o fato de sua plataforma se estender em todo o sapato faz com que a mulher tenha mais equilíbrio e confiança, ao andar. Depois de um período de adaptação, é preciso arriscar andar com saltos finos, porém não muito altos. A dica é treinar com um scarpin, com salto de 5 cm, mais ou menos. Assim que perceber que já está andando com facilidade, a mulher deve passar para outro maior e, assim, sucessivamente, até que consiga usar qualquer tipo de salto.

Como andar com salto alto

Com muito treino, logo você estará se sentindo numa passarela (Foto: Divulgação)

A boa postura é fundamental, ao aprender a usar salto agulha ou qualquer outro tipo. A cabeça deve estar corretamente alinhada, a coluna deve estar ereta, enquanto as pernas e o quadril devem estar relaxados. Os braços devem ter leveza e um certo balanço, mas sem exageros. Os joelhos não podem estar duros e as pernas não podem ficar abertas. Ao caminhar, deve-se primeiramente tocar o chão com o calcanhar e não com a planta do pé. A dica final é começar o treino, em casa, andando descalço, com as pontas dos pés. Em pouco tempo, já se notará uma grande evolução e logo os saltos deixarão de ser um problema, principalmente quando surge aquela festa sofisticada, que exige este tipo de sapato.

Aprenda sobre os modelos: Principais tipos de salto alto

Saiba como escolher: Sapatos de salto alto: como escolher

Top