Dicas de Como Economizar na Compra Material Escolar

1 –Não ter preguiça de pesquisar   Antes de comprar o material escolar é essencial pesquisar no maior número de lojas possíveis, pois os…

1 –Não ter preguiça de pesquisar

 

Antes de comprar o material escolar é essencial pesquisar no maior número de lojas possíveis, pois os preços podem variar em até 100%. Hoje com a internet é muito fácil e mais cômodo checar os valores pelas lojas online. Pesquise os produtos e faça listas com os valores para decidir o melhor custo-benefício.

 

2 – Checar os materiais antigos

 

É muito importante checar os materiais antigos que podem ser usados novamente. Como por exemplo, uma tesoura, cola, lápis de cor, estojo e mochila. Se eles estiverem em bom estado poderão ser reutilizados e haverá uma grande economia para o bolso. Na maioria das vezes a criança e/ou adolescente não usa todos os itens solicitados.

 

3 – Avaliar a lista escolar

 

Normalmente, as listas escolares são longas e nem sempre os alunos utilizam todos os itens ao longo do semestre. É muito importante avaliar, conversar com os responsáveis da escola e comprar o que realmente for essencial. Depois, ao longo do ano, se faltar algum material é só comprar a parte.

 

4 –Livros usados

 

Os livros costumam pesar bastante no bolso, uma saída para economizar é procurar pais de alunos de séries mais avançadas e perguntar se não podem vender os materiais didáticos usados mais barato ou ainda emprestar por um ano. Se você tem filhos mais velhos também é possível reutilizar o material. Outra opção para você fazer dinheiro é vender os livros que não serão mais utilizados para os pais de alunos mais novos.

 

5 – Comprar em Sebo

 

Outra saída para comprar livros e materiais didáticos mais em conta é procurar nos sebos, a economia pode ser grande. Existem sebos online e ainda as lojas. Para não perder viagem você pode ligar e pesquisar se há o material e o valor.

 

6 – Faça uma própria lista

 

Após definir a loja física ou online mais barata para comprar é importante fazer a própria lista com apenas os materiais escolares que deverão ser comprados. É muito fácil perder o foco nas lojas e acabar comprando mais produtos do que realmente precisa.

 

7 –Estabeleça prioridades

 

É essencial ensinar as crianças sobre educação financeira e fazê-las entender que é preciso economizar e fazer escolhas conscientes. Por isso, é importante reutilizar materiais para sobrar mais dinheiro para uma viagem em família, por exemplo.

 

8 – Compras em conjunto

 

Outra saída para economizar bastante na compra do material escolar é comprar no atacado. É possível combinar com os pais da sala do seu filho de juntarem a lista escolar, ver o que cada um deles precisa, e comprar todos juntos no mesmo local. Com certeza, a economia será grande! Por exemplo, um apontador que custa R$ 1,20 poderá custar apenas R$ 0,20 no atacado. Desta forma, pagando menos em vários itens a economia será grande e satisfatória.

 

9 – Compre com antecedência

 

Todo mundo sabe que no período de volta às aulas os preços do material escolar aumentam. Por essa razão, é aconselhável comprar com mais de um mês de antecedência. Assim, será possível evitar preços mais altos, filas e conseguir mais variedade de produtos.

 

10 –Planejar e negociar as condições de pagamento

Todo início de ano é a mesma coisa, são diversas contas para pagar IPVA, IPTU, material escolar, entre outras. Isso não é novidade e por isso, é muito importante planejar o orçamento e reservar um dinheiro extra para esses gastos que não dá para fugir. Com dinheiro no bolso, o poder de negociação aumenta e será possível conseguir mais descontos com pagamento à vista do material escolar. Caso não dê para pagar tudo, opte por poucas parcelas e veja se não serão cobrados juros.


Top