Dicas – Como fazer um Intercâmbio Econômico?

Aprender outro idioma é fundamental para as pessoas que almejam boas vagas no mercado de trabalho ou para quem tem planos de morar fora…

Aprender outro idioma é fundamental para as pessoas que almejam boas vagas no mercado de trabalho ou para quem tem planos de morar fora do país. No entanto, este aprendizado não é tarefa fácil visto que uma pessoa adulta já está familiarizada com o seu idioma. Contudo, este novo desafio requer muito esforço e um bom planejamento. Caro leitor, você sabe o porquê de muitas pessoas fazer intercâmbio? A maioria faz um intercâmbio para aprender outras especializações, para estudar em faculdades ou até para conhecer outras culturas.

Geralmente quem embarca em uma aventura dessas, precisa de um emprego para sustentar seus custos. Como a maioria dessas viagens acarretam altos investimentos, muitas pessoas acabam perdendo as esperanças de curtir um intercâmbio. Pensando nisto, seguem algumas dicas para solucionar o problema apresentado:

– Muitos estudantes procuram fazer intercâmbios mais baratos. Um exemplo bastante comum é o de pessoas trabalharem em lares de pessoas em troca do aprendizado. Neste caso, o estudante busca oportunidades onde possa pagar o aprendizado com o próprio trabalho. É uma ideia interessante visto que muitos viajam para aprender outro idioma. Fazendo esta escolha, geralmente essas pessoas ficam hospedados em casas de famílias, amigos e isto representa uma economia significativa.

– Outra forma de economizar é através de uma boa pesquisa de preços em várias agências de viagem. Para quem é estudante, tem direito a hospedagem, alimentação e estudo em um único pacote. Não resta dúvida que é um excelente negócio! Além disso, você ainda poderá aproveitar o tempo ocioso para a realização de trabalhos na cidade para custear outras despesas pessoais.

– Considere o valor da moeda do local de destino (se é euro, dólar, libra, entre outras). Tendo uma noção de seus respectivos valores, o intercâmbio certamente sairá bem mais barato.

Leia Também:  Cursos do SENAI na área de transporte

– A melhor época para se fazer intercâmbio é na baixa temporada. Geralmente, os meses que os custos com viagens são menos onerosos é entre Março a Maio ou Agosto a Novembro.

– Fique atento para a compra da passagem. Se você é estudante, o ideal é optar por passagens estudantis. Elas são vendidas apenas para menores de 35 anos e são bem mais em conta.

– Outro dado importante é sobre a escolha da agência de viagem. É importante optar por agências que trabalhem com filiais ou que atuem junto a intercâmbios no estrangeiro. Isso é fator primordial visto que a partir da compra passa a existir uma relação de confiança entre cliente e agência.

– Não adianta apenas observar bons preços. É preciso fazer um bom planejamento com antecedência de no mínimo nove a dez meses. Isto garantirá uma viagem mais tranquila além de aproveitar os melhores preços de pacotes de viagens ou passagens aéreas.

É possível realizar um excelente intercâmbio sem gastar um montante de dinheiro. Para isto, basta fazer buscas das melhores oportunidades, promoções e informações sobre o país de destino. Isto certamente garantirá o sucesso de sua viagem!

Top