Curiosidades sobre o Natal

Confira diversas curiosidades sobre o Natal.  Época de ganhar presentes, de unir a família, de matar a saudade de parentes de longe, de enfeitar…

Confira diversas curiosidades sobre o Natal.  Época de ganhar presentes, de unir a família, de matar a saudade de parentes de longe, de enfeitar a casa, montar a árvore ou viajar. São diversos os significados do natal para as pessoas. Independente de religião o Natal é uma data em que comemora-se o nascimento de Jesus Cristo.

papai noel

Confira diversas coisas que provavelmente não sabia sobre o Natal (Foto: Divulgação)

Importância do Natal

O Natal é uma data de grande importância para o Ocidente, pois nosso calendário é baseado na vinda e morte de Jesus, por isso que independente de estarmos em um país laico (sem religião) o natal é considerado um feriado importante por que marca o ano 1 da nossa história. No fim das contas o natal é uma data alegre que muitas pessoas aproveitam da melhor forma possível e já se preparam para mais um ano que está chegando ao fim.

Confira: Desenhos de unhas para natal 2018

enfeites de natal

O natal acontece todos os anos e muitas pessoas não conhecem toda a história, simbologia e curiosidades que giram em torno dessa data (Foto: Divulgação)

Curiosidades sobre o natal

Existem diversas curiosidades sobre o Natal que poucas pessoas sabem, confira:

Leia também: Dicas para penteados de Natal

  1.  Na Europa, antigamente, as pessoas deixavam a porta de casa aberta durante a noite para que viajantes e pessoas pobres pudessem participar da ceia de Natal. Até hoje, a refeição é o momento de confraternização entre amigos e familiares. No Brasil, o prato mais tradicional é o peru assado.
  2. Há uma lenda que diz que foi um galo que anunciou o nascimento de Cristo. O animal cantou exatamente à meia-noite de 24 de dezembro, horário e dia que o rebento nasceu. Em Portugal, Espanha e Brasil, havia o costume de levar um galo à missa. Se ele cantasse, era sinal de bom agouro para o próximo ano.
  3. A canção natalina Noite Feliz nasceu na Áustria, em 1818. O padre Joseph Mohr saiu atrás de um instrumento que pudesse substituir o antigo órgão da igreja. Em suas peregrinações, começou a imaginar como teria sido a noite em Belém, fez anotações, e procurou o músico Franz Gruber para criar a melodia.
  4. A maioria das versões sobre a procedência da árvore de Natal indica a Alemanha como seu país de origem. A mais aceita atribui a novidade ao padre Martinho Lutero. Ele montou um pinheiro enfeitado com velas em sua casa, para mostrar às crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Cristo.
  5. A tradição de relacionar árvores a divindades vem da mitologia grega. As plantas, para o gregos, intermediavam o céu e a terra e simbolizavam a evolução e a elevação do homem. O carvalho homenageava Zeus; a oliveira, a deusa Atena; e a videira, o deus Dionísio. Para os chineses, o pinheiro significa longa vida.
  6. Foram os ingleses quem popularizaram a árvore de Natal. Eles tomaram contato com a tradição por volta de 1850. Quando o príncipe Albert se casou com a rainha Vitória, ela começou a montar árvores majestosas em sua residência de férias na ilha de Wight. A população passou a imitá-los.
  7. No Brasil, o Natal se manifesta de forma diferente nas várias regiões. No nordeste, nesta época, encena-se a Chegança, a luta entre cristãos e mouros que ocorria durante a Idade Média. Na Paraíba, a chegança recebeu o nome de “barca”.
  8. No nordeste também são encenados os Autos dos Quilombos. Com danças e cânticos, procura-se reconstituir os quilombos, núcleos povoados por escravos fugitivos no século XVII. São representadas duas guerrilhas: uma de índios, outra de negros aquilombados.
  9. O nome do Papai Noel em outros países:  Alemanha (Weihnachtsmann, O “Homem do Natal”), Argentina, Espanha, Colômbia, Paraguai e Uruguai (Papá Noel), Chile (Viejito Pascuero), Dinamarca (Julemanden), França (Père Noël), Itália (Babbo Natale), México (Santa Claus), Holanda (Kerstman, “Homem do Natal), POrtugal (Pai Natal), Inglaterra (Father Christmas), Suécia (Jultomte), Estados Unidos (Santa Claus), Rússia (Ded Moroz).
  10. As bolas natalinas surgiram para substituir os enfeites mais antigos das árvores, como maçãs e pedras, que eram amarradas nos pinheiros.

Significado dos símbolos do natal

presépio de natal

Muitas crianças acreditam que o natal é apenas uma data para ganhar presentes (Foto: Divulgação)

Agora que você já conferiu diversas curiosidades sobre o natal, entenda também os símbolos:

  • Árvore de natal: na tradição cristã, simboliza vida, paz, esperança e alegria
  •  Presépio de natal: simboliza o momento e o ambiente em que Jesus Cristo nasceu
  • Papai Noel: representa o bom velhinho que dá presentes para as crianças no dia de Natal
  • Estrela de natal: guiou os três reis magos até o local de nascimento do menino Jesus
Leia mais: Enfeites de natal para decorar sem gastar muito
  • Sinos de natal: representa o anúncio para a humanidade do nascimento de Jesus Cristo, o Salvador.
  • Guirlanda: usada como enfeite nas portas de entrada das residências na época do Natal.


Top