Cuidados ginecológicos no Verão

O Verão é a estação do ano mais esperada entre as brasileiras. Ninguém pode negar que é importante ter cuidados especiais com a pele,…

Por Editorial MDT em 23/01/2012

No Verão, os cuidados íntimos são muito importantes para se manter a saúde tão em dia quanto a beleza

O Verão é a estação do ano mais esperada entre as brasileiras. Ninguém pode negar que é importante ter cuidados especiais com a pele, os cabelos, as unhas e os pés, para que a mulher possa mostrar sua beleza. Porém, para que sua lista fique completa, é necessário existir uma maior atenção com a parte íntima.

Os cuidados ginecológicos necessitam atenção igual ou até maior do que qualquer outra parte do corpo. Por isso, citaremos quais os problemas que as mulheres mais apresentam durante o Verão, além de mostrar como preveni-los. Conheça um pouco mais sobre os cuidados íntimos.

Permanecer com o biquíni molhado

É praticamente impossível encontrar uma mulher que não goste de curtir uma praia ou uma piscina, ainda mais com esse calor. Devido a isso, muitas delas acabam permanecendo por muito tempo com o biquíni molhado. Essa atitude acaba sendo perigosa.

As roupas de banho molhadas e em contato com a região vaginal colaboram com o aumento da temperatura e umidade da região. Como resultado, cria-se um ambiente propício para o crescimento de fungos e bactérias, que podem provocar infecções.

Entre as doenças que podem se manifestar, a mais comum é a candidíase. Esta é ocasionada por um fungo (Candida albicans) e desenvolve um quadro clínico muito incômodo, com as seguintes características:

  • Coceira local;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão na vagina;
  • Corrimento esbranquiçado, podendo apresentar ou não odor fétido;
  • Sensação de ardência após urinar, ou após relação sexual.

Essa infecção precisa de um atendimento médico, porém seu tratamento é bastante simples. Para que a doença seja eliminada são utilizados medicamentos antifúngicos, podendo ser administrados por comprimidos via oral, ou em forma de cremes que são aplicados diretamente no local. É importante ressaltar que mulheres de qualquer idade podem apresentar candidíase, existindo ou não vida sexual ativa.

Prevenir as infecções íntimas é a melhor forma de ter um Verão tranquilo

Forre a areia antes de sentar ou deitar

Toda vez que você for sentar ou deitar na areia da praia, forre o local. Esta atitude colaborará na prevenção do aparecimento de outro tipo de infecção, denominada molusco contagioso. O agente causador da doença é um vírus que pode ser transmitido pelo contato direto com a areia e também pela água. Como quadro clínico da patologia, a portadora apresentará verrugas que podem ser vistas a olho nu, sendo que o tratamento é baseado na remoção dessas erupções cutâneas com agulha ou através de cauterização.

Use camisinha

Durante a época mais quente do ano, as pessoas estão com os corpos mais ‘a mostra’, contribuindo no aumento do desejo sexual. Por isso, é importante lembrar da importância de utilizar preservativos durante todas as relações sexuais. Essa atitude pode livrar  de adquirir as temíveis Doenças Sexualmente Transmissíveis, também conhecidas como DST.

Outros cuidados

  • Utilize calcinhas 100% algodão, além de muita saia e vestido. Essas vestimentas evitarão deixar a região vaginal abafada. Os fungos não gostam de ambiente seco e bem ventilado;
  • Evite utilizar os protetores de calcinha. Eles podem contribuir com o aparecimento da umidade da vagina;
  • O biquíni e a roupa limpa devem ser secos em ambientes secos e bem ventilados;
  • Os pelos pubianos devem ser aparados e não retirados completamente. Eles colaboram na proteção da região.

Fique atenta aos sinais e sintomas que seu corpo demonstra

Após conhecer alguns sinais e sintomas das doenças mais comuns entre as mulheres durante o Verão, fique atenta a qualquer alteração do seu organismo e procure um médico quando houver algo diferente. Apenas esse profissional poderá diagnosticar o problema existente. Não se esqueça de realizar os cuidados citados, eles são importantes para prevenir as infecções.

Top