Conheça o filme que questiona Shakespeare

Aos poucos, a liberdade de expressão que tanto lutamos (de forma mundial), por tempos e tempos vem trazendo surpresas, e muitas polêmicas no meio…

Aos poucos, a liberdade de expressão que tanto lutamos (de forma mundial), por tempos e tempos vem trazendo surpresas, e muitas polêmicas no meio histórico-cultural. E agora, o país, que de certa forma, sempre foi muito discreto em qualquer assunto, torna polêmico o filme dirigido pelo alemão Roland Emmerich e protagonizado por Rhys Ifans e Vanessa Redgrave.

A produção estreou no dia 25 de novembro desse ano (2011), na Inglaterra e se chama Anonymous. A Fundação Shakespeare Birthplace considera o filme como uma manipulação da história e da cultura inglesa. Sendo que esse filme nem se compara com o filme “Shakespeare in Love”, que fala de forma diferente sobre um dos clássicos romances ingleses, “Romeu e Julieta”. E, o atual seria mesmo uma crítica ao dramaturgo que trouxe mais sentimentalismo e aventuras para dentro das casas de famílias de todo o mundo.

O longa metragem que foi dirigido pelo mesmo diretor de superproduções como “Independece Day”e “O dia depois do Amanhã”, diz que o verdadeiro autor das obras “Hamlet”, “Romeu e Julieta” e “Titus Andronicus”, os clássicos ingleses, foi o Barão de Oxford, que se chamava Edward de Vere. Shakespeare seria apenas um mero ator alcoólatra e analfabeto, que começou a assinar as obras do Barão que escrevia de maneira anônima para burlar a censura da época.

Paul Edmondson, responsável da Fundação Shakespeare Birthplace diz que: “Este filme contradiz vários fatos históricos, mas, com ele corremos o risco de enganar pessoas que nunca questionaram a autoria de Shakespeare”.

É como sempre diz, existem sempre os “dois lados da moeda”, principalmente, relacionados ao estudo de uma história passada. Nunca se sabe o que aconteceu, verdadeiramente, naquela época. No entanto, é reconhecido que o filme não foi baseado em fatos. Portanto, conclui-se que ainda, historicamente, falando vale que Shakespeare é o verdadeiro autor de grandes clássicos ingleses.

Leia Também:  Oscar 2012 Indicados

Houve até uma forma de protesto contra o filme em uma cidade chamada Warwickshire, onde dez pubs riscaram o nome do dramaturgo (Shakespeare) de seus estabelecimentos, incluindo um no qual se acredita que o autor tenha tomado seu último gole. Além disso, um memorial foi tapado com um lençol em Stratford-upon-Avon, cidade natal de Shakespeare.

Os críticos britânicos não se sentiram tão ofendidos pela reversão histórica de Emmerich e, apesar de não compartilharem seu gosto pelos excessos visuais e sua falta de sutileza em cenas violentas, reconhecem o trabalho dos atores e o entretenimento da história.

Bom, sendo Shakespeare ou não os romances são incomparáveis!

Top