Como mudar a senha do cartão bolsa família: aprenda

Nos últimos anos, milhões de brasileiros saíram da situação de extrema pobreza. Os programas sociais do governo federal possuem uma parcela de contribuição significativa nesses resultados. O Bolsa Família, por exemplo, atende pessoas com renda per capta inferior a R$89, promovendo o acesso a garantia de renda e a serviços públicos essenciais a todo cidadão.

O Programa Bolsa Família visa o atendimento das necessidades básicas de seus beneficiários. (Foto: Divulgação).

O programa é reconhecido internacionalmente por sua eficiência no combate a fome e a miséria. Isso porque, mais do que oferecer auxílio em dinheiro, ele visa o atendimento das necessidades básicas de seus beneficiários, garantindo-lhes a assistência de serviços de saúde, educação e segurança alimentar. O bolsa família 2018 continua com o objetivo de amparar famílias em situação de pobreza extrema, para que seus membros possam ter uma vida mais digna.

O programa foi criado de modo a diminuir a disparidade social que existe em nosso país, isso porque pessoas que possuem salários menores e estão em condições de pobreza, possuem menor oportunidades de vida, acesso aos serviços públicos e muito mais. O programa é constituído das idas até o estabelecimento para consultas mensais e também frequência escolar mínima.

Quem pode receber o Bolsa Família

O programa é destinado a famílias com renda per capta mensal de até R$178,00. (Foto: Divulgação).

A inscrição no Bolsa Família deve ser feita junto a prefeitura de sua cidade. Por isso, caso tenha interesse em participar, você deve procurar o setor responsável pelo programa em seu município munido de alguns documentos, como identidade, ou outro documento de identificação, e CPF e averiguar se sua família tem direito ao benefício. Após a inscrição no Cadastro Único, cabe ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome selecionar os participantes para fazer o cartão.

Saiba quais são as regras do Bolsa Família.

Podem receber o Bolsa Família:

  • Famílias com renda per capta de até R$89,00 por mês;
  • Famílias com renda entre R$89,00 e R$178,00 por pessoa que tenham gestantes ou crianças e adolescentes com idade entre zero e 15 anos;
  • Famílias com renda entre R$0,00 e R$178,00 por pessoa que tenham adolescentes entre 16 e 17 anos.

Depois de inscritas, as famílias devem atender a algumas exigências para continuar recebendo o benefício, tais como manter em dia o cartão de vacinação de crianças de 0 a 6 anos, garantir a frequência mínima de 85% de crianças e adolescentes de 6 a 15 ao e de 75% de jovens de 16 e 17 anos, e participar, quando possível, de programas de alfabetização de adultos para que possam receber a assistência social do bolsa família.

Caso a família não cumpra esses requisitos, é possível que percam o direito de receber o dinheiro fornecido ao cidadão de baixa renda pelo governo. Então, o Bolsa família não só ajuda essas famílias à receberem uma renda um pouco maior para uma vida mais digna, como obriga que mantenhas seus filhos na escola, com uma frequência maior do que aquela exigida pela instituição de ensino. Isso garante um maior contato com o aprendizado e uma escolaridade melhor. Se sua família é assistida pelo Bolsa Família, fique atento a esses requisitos.

Caso contrário, é bem capaz que você tenha o seu benefício do Bolsa Família bloqueado, isso porque é necessário estar dentro dos pré requisitos necessários para estar recebendo o benefício e mais. Fique atento.

Como mudar a senha do cartão Bolsa Família

A alteração de senha do cartão Bolsa Família pode ser feita em qualquer um dos canais da rede de atendimento Caixa. (Foto: Divulgação).

O dinheiro do programa pode ser sacado com o cartão CadÚnico, em qualquer um dos canais da rede de atendimento Caixa. Se houver qualquer dificuldade no saque, procure uma agência Caixa. Lembrando que os beneficiários têm a disposição serviços para desbloquear ou mudar a senha do cartão Bolsa Família. Para isso, basta procurar uma das agências da Caixa ou das Lotéricas.

Ao comparecer à agência caixa, você poderá usufruir do atendimento pessoal ao cidadão. Lembre-se de portar seus documentos pessoais e cartão Bolsa Família. Se você esquecer estes documentos, pode ser que não consiga cadastrar a senha nova. Serão solicitadas informações do NIS, carteira de identidade e CPF. Para quem não sabe o NIS, ele pode ser consultado no cartão cidadão, no extrato do FGTS ou na carteira de trabalho.

Veja também: Como desbloquear o cartão Bolsa Família.

Entretanto, é necessário que você valide algumas informações pessoais pelo número 0800 726 0207 antes de ir até uma das redes de atendimento do programa. Lembrando que o cartão bem como sua senha é de uso pessoal e intransferível. Por isso, não passe a sua senha para seja lá quem for, para pessoas desconhecidas ou quando for sacar o dinheiro no caixa, peça pelo auxílio ou ajuda de um profissional do banco ou alguém de confiança para te ajudar.

Mesmo que a alteração de senha seja obrigatoriamente feita pessoalmente, é preciso fazer essa ligação informando que essa mudança será feita. Caso contrário, você ficará impossibilitado de cadastrar sua senha nova, mesmo que compareça pessoalmente à uma agência Caixa. Para maiores informações, acesse o site www.mds.gov.br.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply