Como escolher piso para o quarto do bebê

Como escolher piso para o quarto do bebê

Na hora de decorar o quarto do bebê, uma das principais dúvidas está relacionada à escolha do piso. É importante que o ambiente se…

Por Isabella Moretti em 29/03/2012

O piso do quarto do bebê não pode favorecer o acúmulo de ácaros e poeira.

Na hora de decorar o quarto do bebê, uma das principais dúvidas está relacionada à escolha do piso. É importante que o ambiente se torne confortável e seguro para a criança, por isso o revestimento não pode favorecer o acúmulo de poeira e ácaros.

A decoração do quarto do bebê exibe uma atmosfera delicada, aconchegante e personalizada. As paredes são pintadas com cores pastéis e até mesmo ganham um acabamento especial com desenhos. Já os móveis são dispostos no ambiente para aproveitar espaço, incluindo principalmente o berço, a poltrona de amamentação e a cômoda. Todos estes elementos que compõem a estética do lugar devem se adequar ao piso.

Os pais eufóricos durante a decoração acabam cometendo exageros, ou seja, deixam os ambientes sobrecarregados de bichos de pelúcia, brinquedos, roupas e outros tantos itens. O ato de enfeitar é muito produtivo, mas também contribui com o acúmulo de poeira, atrapalhando a qualidade de vida. O excesso de itens armazenados no quarto do bebê aliado a um piso inadequado resulta em noites mal dormidas para os filhos e crises de alergia.

Piso ideal para o quarto do bebê

Caso a escolha seja o porcelanato, encontre meios de esquentá-lo para o quarto ficar mais confortável.

Como qualquer tipo de material de construção, os modelos de pisos possuem prós e contras. As peças usadas no acabamento variam quanto ao material, tamanho, textura e cor, mas precisam se adequar as necessidades do quarto do bebê, como conforto e tranquilidade.

O porcelanato é um tipo de piso muito usado pelos arquitetos nos projetos residenciais. Apesar de ser mais frio do que os outros, suas peças são mais fáceis de limpar e combinam facilmente com uma decoração clean. Quando o quarto de bebê decorado com porcelanato fica com a temperatura muito baixa, é recomendado o uso de tapetes para ‘aquecer’ o ambiente.

Outra opção de piso para quarto de bebê é o assoalho de madeira. Este revestimento tem a vantagem de ser sofisticado, atemporal e neutro, mas pode acabar encarecendo os gastos com a obra. Uma solução mais barata é o piso laminado, que imita a aparência da madeira e possui uma manutenção mais simples.

O piso laminado imita a madeira e combina com todos os estilos de decoração.

Apesar de sofisticado e clássico, o carpete não é a melhor opção para o revestimento do quarto do bebê. O material garante uma cobertura macia, mas a sua limpeza se torna bastante complicada no dia-a-dia. Uma área com carpete também se torna mais vulnerável a proliferação de ácaros, poeiras e resíduos, que podem causar irritações no bebê.

Por fim, uma solução moderna para revestir o dormitório é o piso vinílico, que não faz barulho e garante uma superfície térmica e macia.

Top