Como escolher chuveiro: dicas

O banho diário é um hábito relacionando não apenas à necessidade de higiene, mas também a momentos de prazer. Tomar uma ducha gostosa, ao…

O banho diário é um hábito relacionando não apenas à necessidade de higiene, mas também a momentos de prazer. Tomar uma ducha gostosa, ao final do dia, purifica o corpo e a alma, renovando nossas energias. Entretanto, na hora de escolher o chuveiro, muita gente fica perdida, sem saber ao certo qual seria o modelo ideal às suas necessidades. O aparelho deve ter uma vazão satisfatória de água e deve ser relativamente econômico. Estas são premissas básicas para um chuveiro. Porém, existem muitas outras especificações a serem observadas. Veja algumas.

Chuveiros têm a queda d'água vertical (Foto: Divulgação)

Ducha ou chuveiro?

Características simples permitem saber as diferenças entre ducha e chuveiro, na hora da compra. O chuveiro oferece a queda d’água verticalizada, ou seja, a pessoa fica embaixo dele, recebendo toda a água. Já a ducha tem o jato diferente. O mais comum se dá de forma diagonal e estes aparelhos, geralmente, ficam na parede. Mas isso pode variar, de acordo com o modelo. Ainda sobre as duchas, elas são muito apreciadas por terem jatos mais fortes mas, como consequência, gastam mais água e menos energia. Já os chuveiros têm jatos menos intensos, porém consomem mais a eletricidade. É por isso que eles também esquentam mais do que as duchas.

Duchas podem não ser verticais e têm jatos mais fortes (Foto: Divulgação)

A pressão da água do chuveiro é menor, em comparação com as duchas. Mas se a pessoa quiser este tipo de aparelho, também tem a opção de comprá-lo no modelo já pressurizado ou adquirir um pressurizador, à parte, que pode ser instalado com o chuveiro. Já as duchas têm pressão maior. Porém, ao comprar o aparelho, é preciso também considerar a distância entre a caixa d’água e ele. Quanto mais longe a ducha estiver do reservatório, mais pressão terá o seu jato. É importante observar isso, antes de fazer a compra, pois este é um dos motivos pelos quais as pessoas compram duchas, mas acabam se decepcionando com a sua potência de jato, considerando que o aparelho “não presta”. É por isso que, na própria embalagem, já consta o MCA (metros de coluna de água) do produto, que indica qual é a distância ideal para o seu bom funcionamento.

Continuar Lendo  Protetor íntimo: dicas, cuidados ao usar

Outras dicas

Pode-se, também comprar chuveiros pressurizados (Foto: Divulgação)

Na hora de escolher chuveiro ou ducha, é preciso verificar a sua voltagem, que deve estar de acordo com a rede elétrica da casa (110 ou 220 volts). Também é importante conferir a fiação que irá ligar o aparelho à rede. Geralmente, as que medem 6 milímetros são as ideais para suportar chuveiros mais potentes (que esquentam mais).

Com estas dicas simples, já é possível saber melhor como escolher o seu chuveiro ou ducha, considerando suas necessidades; porém, lembre-se: para uma atitude mais consciente, é sempre bom não se esquecer da vida, enquanto se toma banho.

Saiba mais sobre chuveiros: Chuveiros elétricos com pressurizador

Confira alguns modelos diferentes: Chuveiros e duchas elétricas: modelos

Top