Com cinco ouros, Brasil já é o segundo no ranking de medalhas do Pan

O desempenho dos atletas brasileiros nos dois primeiros dias de competições pelos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, foi bastante animador. Com a conquista…

Com César Cielo, quarteto brasileiro conquista o ouro no revezamento 4x100m livre

O desempenho dos atletas brasileiros nos dois primeiros dias de competições pelos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, foi bastante animador. Com a conquista de 13 medalhas, sendo cinco delas de ouro, o Brasil já é o segundo colocado no ranking geral, perde apenas para os Estados Unidos, que acumulam 26 medalhas, onze douradas.

Brasil dá show nas piscinas

A delegação brasileira de Natação chegou ao México com a corda toda e não se cansa de faturar medalhas. Até aqui já foram oito, quatro de ouro. Quem brilhou logo de cara foi o nadador Thiago Pereira, com a conquista da primeira medalha dourada para o país: título nos 400m medley.

No segundo dia de provas no Centro Aquático de Scotiabank, os brasileiros reinaram. César Cielo faturou a medalha de ouro nos 100m livre e, logo depois, viu o Brasil fazer uma dobradinha na prova de 100m peito. Felipe França levou o ouro e Felipe Lima ficou com a prata.

Porém, o melhor da noite ainda estava por vir com a equipe brasileira masculina de revezamento. Formada por César Cielo, Bruno Fratus, Nicholas Santos e Nicolas Oliveira, o quarteto brasileiro se garantiu no lugar mais alto do pódio no revezamento 4x100m livre e conquistou o tetracampeonato da modalidade.

Nas provas femininas de Natação, o Brasil também obteve resultados expressivos no fim de semana. No revezamento 4x100m livre, as meninas brasileiras conquistaram a prata com as nadadoras Michelle Lenhardt, Tatiana Barbosa, Flavia Delaroli-Cazziolato e Daynara de Paula. Nas disputas individuais, Daynara de Paula ainda faturou a prata nos 100m borboleta e Joanna Maranhão também ficou com a medalha prateada nos 400m medley.

Continuar Lendo  Time brasileiro de handebol masculino perde pra Argentina e não ganha medalha de ouro

Ouro e bronze na ginástica 

Quem não deixou por menos e encheu o país de orgulho foi a equipe de Ginástica Rítmica do Brasil, que venceu o ouro no conjunto geral e, de quebra, faturou o tetracampeonato da modalidade.

A ginástica trouxe ainda uma medalha de bronze para o país, graças ao bom rendimento da ginasta Angélica Kvieczynski, terceiro lugar na disputa do individual geral.

Mais medalhas para o Brasil

No pentatlo moderno, a competidora brasileira Yane Marques ficou com a medalha de prata. Já no Tiro Esportivo, Júlio Almeida conquistou o bronze na prova com pistola de ar 10m. Por sua vez, o Taekwondo brasileiro também já teve sua conquista: Márcio Wenceslau garantiu o bronze na categoria até 58kg.

 

 

Top