SEFAZ RJ: Cadastro Nota Fiscal Eletrônica

As notas fiscais poderão ser emitidas de forma digital, sendo armazenadas eletronicamente, esse processo tem como objetivo maior documentar para os fins fiscais uma…

Cadastro Notas Fiscais Sefaz RJ

As notas fiscais poderão ser emitidas de forma digital, sendo armazenadas eletronicamente, esse processo tem como objetivo maior documentar para os fins fiscais uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços, ocorrida entre as partes e cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente e também pela recepção, você poderá adquirir uma nota fiscal no ato da compra de qualquer produto que você compre no estabelecimento que está legalizado para que o mesmo possa emitir a nota fiscal para você consumidor.

O projeto NFe foi idealizado a partir do 1º Encontro Nacional de Administradores Tributários (ENAT) ocorrido dos dias 15 a 17 de julho de 2004, em Salvador, Bahia, reunindo os titulares das administrações tributárias federal, estaduais, do Distrito Federal e dos municípios de capitais. Neste encontro foram discutidas formas de atender ao disposto da Emenda Constitucional nº 42, Inciso XXII, art. 37, que previa a criação de soluções integradas das três esferas de Governo para compartilhamento de cadastros e de informações fiscais.

Dentre os principais objetivos das soluções em estudo, destacavam-se:

• maior integração administrativa
• melhor eficácia da fiscalização
• possibilidade de realização de ações fiscais coordenadas e integradas
• racionalização de custos e da carga de trabalho operacional
• padronização e melhor qualidade das informações
• mais possibilidade de intercâmbio de informações fiscais entre as diversas esferas governamentais
• possibilidade de cruzamento de dados em larga escala com dados padronizados e uniformização de procedimentos

Posteriormente a este evento, foi realizada em 27 de abril de 2005, em São Paulo, SP, reunião técnica incluindo os Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (ENCAT) para unificar os diversos projetos que estavam em andamento nas administrações tributárias.

Veja a seguir informações importante referentes SEFAZ RJ e suas Notas Fiscais.

nota fiscal eletrônica RJ oferece algumas vantagens e benefícios para todos nós, como acabar com o montante de papéis que muitos estabelecimentos guardavam para comprovarem as emissões de notas fiscais e também para você consumidor que terá todos os documentos destinados a você guardados de forma eletrônica e protegidos por uma senha que só você deverá saber, o cadastro NF-e Rio de Janeiro é feito através da Secretaria da Fazenda tendo como necessidade que você cadastre o seu CPF e mais alguns dados pessoais para que as notas fiscais possam ser emitidas diretamente no seu nome e sendo guardadas na sua conta.

As consultas NF-e RJ on-line são realizadas através do site oficial da Secretaria da Fazenda, você poderá escolher em realizar a consulta completa, ou resumida, para você ter acesso à essa área destinada para a realização de consultas de Notas Fiscais, basta acessar o site oficial da Secretaria da Fazenda do Rio de Janeiro.

A nota fiscal Sefaz RJ é oferecida por qualquer estabelecimento que esteja legalizado e pronto para emitir o documento para qualquer consumidor, sendo que em muitos lugares as pessoas não oferecem o documento, sendo assim você consumidor poderá alertar o funcionário para que ele emita o documento com o seu CPF para que você possa ter suas vantagens e o estabelecimento também.

Para emitir NF-e no Rio de Janeiro é simples como já explicamos logo acima, pois o estabelecimento que se preze, oferece o documento para todos os consumidores tendo que estar legalizado e cadastrado com os documentos necessários para que possam emitir a nota fiscal para os seus clientes e consumidores.

O projeto NFe foi idealizado a partir do 1º Encontro Nacional de Administradores Tributários (ENAT) ocorrido dos dias 15 a 17 de julho de 2004, em Salvador, Bahia, reunindo os titulares das administrações tributárias federal, estaduais, do Distrito Federal e dos municípios de capitais.

Neste encontro foram discutidas formas de atender ao disposto da Emenda Constitucional nº 42, Inciso XXII, art. 37, que previa a criação de soluções integradas das três esferas de Governo para compartilhamento de cadastros e de informações fiscais.

Dentre os principais objetivos das soluções em estudo, destacavam-se:

• maior integração administrativa
• melhor eficácia da fiscalização
• possibilidade de realização de ações fiscais coordenadas e integradas
• racionalização de custos e da carga de trabalho operacional
• padronização e melhor qualidade das informações
• mais possibilidade de intercâmbio de informações fiscais entre as diversas esferas governamentais
• possibilidade de cruzamento de dados em larga escala com dados padronizados e uniformização de procedimentos

Posteriormente a este evento, foi realizada em 27 de abril de 2005, em São Paulo, SP, reunião técnica incluindo os Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais (ENCAT) para unificar os diversos projetos que estavam em andamento nas administrações tributárias.






Top