Bônus para professores SP 2013: saiba mais

O Bônus da Educação é pago a professores por municípios e pelo estado de acordo com melhoras no ensino medidas através do Índice de…

O Bônus da Educação é pago a professores por municípios e pelo estado de acordo com melhoras no ensino medidas através do Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (Idesp), ou pesquisa similar. O valor varia de acordo com o estado e é pago também para profissionais da educação que não são professores, mas que atuam no colégio.

Leia mais sobre: Greve nacional dos professores 2012: paralisação

 

Os bônus dos professores do estado de São Paulo é considerado insuficiente (Foto: Divulgação)

Greve pede aumento salarial e percentual de bônus

De acordo com o sindicato (Apeoesp), os professores estão em greve para reivindicar a reposição salarial de 36,74% e complementação do reajuste referente ao ano passado; cumprimento da lei do piso (no mínimo 33% da jornada para atividades de formação e preparação de aulas), término dos descontos de faltas e licenças médicas para efeito de aposentadoria especial; e aumento no percentual de Bônus da Educação; entre outras reivindicações.

Detalhes sobre a greve de professores em São Paulo

A greve de professores foi determinada durante uma assembleia que aconteceu na tarde da última sexta-feira. De acordo com o sindicato, nesta segunda-feira, 23 de abril, os grevistas foram às escolas para explicar os motivos da paralisação para os estudantes, pais e professores que não aderiram a paralização.

Saiba mais sobre: Greve dos professores na rede estadual SP 2013

 

Professores em greve por tempo indeterminado (Foto: Divulgação)

Secretária da Educação Lamenta greve

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo afirmou em nota oficial que é “lamentável que a Apeoesp se paute por uma agenda político-partidária e ignore o amplo diálogo que a atual gestão tem estabelecido”. A repartição destaca ainda que “os professores já ganham 33,3% mais que o piso nacional vigente e passarão a ter, a partir de julho, uma remuneração 44,1% maior que o vencimento mínimo estabelecido em decorrência da Lei Nacional do Piso”.

Leia Também:  Matrícula Digital MS 2016 fundamental e profissional SED-MS

A greve de professores não tem data para acabar, mas na próxima sexta-feira, 26 de abril, acontecerá nova assembleia para definir o rumo da paralisação e como vai ficar a solicitação de ajuste salarial, inclusive do Bônus, e se é possível entrar em acordo.

Top