Bandas Góticas Atuais

Um tipo de música com muito instrumental e que geralmente mistura vozes delicadas de mulheres, que é o uso do vocal feminino lírico, junto…

Um tipo de música com muito instrumental e que geralmente mistura vozes delicadas de mulheres, que é o uso do vocal feminino lírico, junto com vocal masculino gutural é a gótica ou também conhecido como metal gótico. Essa mesclagem existe para tentar mostrar uma dualidade entre o bem, que no caso seria representado pela voz feminina, um anjo lírico, e o mal, interpretado pelo homem através de um som estilo demoníaco, gutural.  Quem gosta do estilo deve saber que existem diversas bandas góticas atuais, tanto nacionais quanto internacionais. Reunimos aqui a maior parte delas, assim como também algumas clássicas que não saem de cena de jeito nenhum. Confira:

Bandas góticas atuais nacionais: Cabine C, 5 generais, Akira S, Ale luz, Aliados, Alma Nômade, Anorexic Juliet, Arte no escuro, As Mercenárias, Atman, Aldren Liebe, Aurea, Aureah, Azaradel, Banda Invisivel, Bells Of Soul, Cabongues, Cigarrets, Cubus, Damn lasers vampires, Das Projekt Der Krummen Mauern, Days Are Nights, Dead Roses Garden, De Falla, De Profundis, Der Kalte Stern, Digitaria, Divine, Drama, Ecos D’Alma, Elegia, Enjoy, Enquanto Isso, Escarlatina Obsessiva, Escola de Escândalo, Estação das Brumas,, Estigma, Evidencias do Fim, Evidências do Fim, Fantasma de agness, Finis Africae, Flores indecentes, Flores mortas, Gang gothic, Gone, Gradiva, Harry, Hydria, In Auroran, Individual Industry, Irmandade, Jardim do Silêncio, Kafka, Labia Minora, Lethal Curse, Lethal Frequency, Lirios no escuro, Love deluxe, Lua Nigra, Lupercais, Magistra Artis, Malve, Mercyland, Minimal Synth Ethics, Morgot, Morrigan, Mundo da Mente, Muzak, Não São Paulo, Nau, Necropia, Nefasto, Ness, Nightchildren, Nocturne, Opus Lunis, Pacto no escuro, Pânico Elite Sofisticada, Pecadores, Plastique Noir, Pompas Fúnebres, Projeto Eclipse, Psicoshadows, Religare, Replicantes, Republika, Republika, Rosa dos ventos, Rosas negras, Saara Saara, Sala escura, Scarlet Leaves, Segredos de Maio, Sensível Elite Branca, Silence Cry, Silverblood, Simbolo, Sinapse, Smack, Sonid_noturno, Spike 09, Strangeways, Tamisa River, Tek Noir, Tempo Nublado, The Tears of Blood, The Downward Path, Vampyystar, Vesuvia, Violeta de Outono, Volúpia Noturna, Última Dança, Zigurate, entre outras.

Leia Também:  Construindo um Sonho, Participar

Bandas góticas atuais internacionais: After Forever, Ambeon, Anathema, Angtoria, Arch Enemy, Asrai, Ausgang, Autumn, Bathori, Bauhaus, Celestial Ceison, Children on Stun, Christian Death, Cinema Strange, Clan of Xymox, Corpus Delicti, Creaming Jesus, Cruachan, Darkwell, Delain, Diva Destruction, Edenbridge, Elis,Epica, Empyrium, Estatic Fear, Ex Voto, Faith and the Muse, Forever Slave, Haggard, Imperia, Isengard, Joy Division, Kapel Maister, Katatonia, Lacrimas Profundere, Lacrimosa, Lacuna Coil, Leaves’Eyes, Midnattsol, Nemesea, Nightwish, Nocturna, Opera IX, Operatika, , Placebo, Silent Cray, Sinergy, Sirenia, The Birthday Massacre, The Birthday Party, The Cranberries, The Cure, The Gathering, The Sisters of Mercy ,The Cure, The Sins of Thy Beloved, The 3rd And The Mortal, The 69 eyes, Trail of Tears, Tristania, Visions of Atlantis, Xandria, Within temptation e outras.

A subcultura gótica, também conhecida no Brasil como dark no início dos anos 80, teve seu nascimento no Reino Unido no final dos anos 1970 com início dos 80, uma espécie de descendente do pós-punk.  É um estilo de vida que envolve filosofia diferente do comum, e na música isso se reflete da mesma maneira. O estilo musical gótico sempre aponta para letras falando do lado sombrio e decadente da vida.

Top