As melhores cidades para abrir um negócio

Está pensando em partir para o empreendedorismo? Saber quais são as melhores cidades para abrir um negócio pode ser o primeiro passo para que…

Por Andre em 25/05/2014

Está pensando em partir para o empreendedorismo? Saber quais são as melhores cidades para abrir um negócio pode ser o primeiro passo para que a sua empresa obtenha o sucesso almejado.

São Paulo, a maior cidade do país, é também a melhor para abrir um negócio (Foto: Divulgação)

Para se chegar a essa definição, diversos fatores podem ser levados em conta. E um deles é verificar o tamanho da classe C no local, já que essa parcela da população tem sido a principal responsável pelo aumento do consumo no Brasil, nos últimos anos.

De acordo com dados divulgados pela Serasa Experian, a classe C representa atualmente cerca de 54% da população em todo o país (em 2013 eram 34%), com possibilidades reais de se aproximar dos 60% nos próximos 10 anos. No ano passado, essa parcela de 108 milhões de pessoas foi responsável por gastar R$ 1,17 trilhão.

Franquias com investimento de até 100 mil reais

Franquia Quem Disse Berenice: quanto custa, saiba mais

As melhores cidades para abrir um negócio

O Rio de Janeiro também não poderia ficar de fora da lista (Foto: Divulgação)

Algumas das melhores cidades para abrir um negócio, levando em conta o potencial de gastos da classe C, também conhecida como a “nova classe média”, são as seguintes, de acordo com levantamento feito pela revista Exame e a consultoria Rizzo Franchise:

– São Paulo: quase metade da população da capital paulista é composta pela classe C, ou seja, são mais de 5 milhões de potenciais clientes para a sua empresa.

– Rio de Janeiro: também com metade da população integrando a nova classe média, o Rio é outra excelente alternativa, além de ser a sede de grandes eventos nos próximos anos, atraindo muitos turistas.

– Brasília: a capital federal também apresenta um grande potencial para negócios focados na classe C.

– Belo Horizonte: quase metade da população da capital mineira faz parte da nova classe média, o que representa uma boa notícia para os empreendedores.

– Salvador: outra cidade com grande potencial de consumo da classe C é Salvador, que recebe um grande número de turistas ao longo de todo o ano.

Outros municípios com bons atrativos para os empreendedores

Conhecida pelo alto padrão, Brasília também está entre as melhores cidades para empreender (Foto: Divulgação)

Completando o ranking das melhores cidades para empreender, também foram citados os municípios de:

– Manaus: tem mais da metade da população na classe C, o que pode significar bons negócios para quem vai investir nesse público.

– Curitiba: além do alto índice de desenvolvimento humano e da economia forte, 50% dos moradores fazem parte da nova classe média e estão prontos para gastar.

– Fortaleza: a economia movimentada o ano inteiro, pela forte presença de turistas, é um dos atrativos.

– Porto Alegre: a capital gaúcha também possui mais da metade da população integrando a nova classe C, sendo outra boa opção para investimentos.

– Belém: a alta concentração de integrantes da classe média, junto com os quase R$ 20 bilhões de PIB do município, chama a atenção.

Top