Abuso de carne vermelha pode originar câncer renal

A ingestão abusiva de carne vermelha pode estar associada ao desenvolvimento de alguns tipos de câncer do rim, de acordo com um estudo divulgado…

Por Editorial MDT em 30/12/2011

Imagem; (Foto Divulgação)

A ingestão abusiva de carne vermelha pode estar associada ao desenvolvimento de alguns tipos de câncer do rim, de acordo com um estudo divulgado na revista científica American Journal of Clinical Nutrition.

Segundo o estudo, adultos que comiam mais carne vermelha apresentavam 19% mais possibilidade de serem examinados com câncer nos rins do que aqueles que consumiam moderadamente. A maior assimilação de toxinas presentes na carne assada ou grelhada na brasa também foi ligada a um maior risco.

As conclusões da pesquisa comprovam as indicações alimentícia para a prevenção do câncer já realizadas pela Sociedade Americana do Câncer. De acordo com a organização, é necessário restringir a ingestão de carne vermelha e de carne processada (bacon, hambúrgueres, salsichas).

Pesquisa

O estudo seguiu cerca de 500.000 voluntários com mais de 50 anos, por nove anos. Os voluntários responderam questões sobre seus costumes alimentares, até a ingestão de carne. Nesse intervalo, 1.800 voluntários, foram examinados com câncer renal.

Em média, os homens ingeriam entre 57 e 85 gramas de carne vermelha diariamente, e as mulheres de 31 a 57 gramas. Os voluntários que ingeriam mais a carne, cerca de 115 gramas diariamente, apresentavam 19% mais propensão a serem diagnosticados com câncer renal do que os que comiam até 31 gramas diariamente.

A pesquisa também levou em conta outros feitios que poderiam afetar o risco de câncer, como idade, etnia, consumo de legumes e frutas, hipertensão, tabagismo e consumo de álcool. O risco de câncer renal também era maior entre pessoas que consumiam a carne mais bem passada, o que aumentava sua exposição a toxinas decorrentes do preparo.

Os cientistas destacaram, no entanto, que a pesquisa não afirma que a carne vermelha – a carne bem passada – possam acarretar câncer renal.

Muitas pessoas passam toda a vida consumindo carne sem apresentar câncer nos rins, afirma Mohammed El Faramawi, da Universidade do Norte do Texas. “A carne vermelha é uma importante fonte de ferro e proteínas”, disse El Faramawi, de acordo com a Agência Reuters.

É preciso de mais análises para saber o porque de a carne vermelha está ligada a certos tipos de câncer, e não a outros, disse Carrie Daniel coordenador do estudo.

Top