5 dicas para não errar na reforma da sua casa

A reforma da casa costuma deixar os moradores com a cabeça quente, no entanto, é necessário se organizar para que as mudanças na residência…

Cada etapa da reforma deve ser acompanhada para não ter problemas futuros.

A reforma da casa costuma deixar os moradores com a cabeça quente, no entanto, é necessário se organizar para que as mudanças na residência sejam bem sucedidas. O projeto desenvolvido para a reforma do imóvel deve garantir a segurança de quem vive na propriedade, além de considerar a resistência e a durabilidade da estrutura.

Vários motivos podem impulsionar uma reforma, como a ampliação de um cômodo, a integração de áreas, a troca do acabamento, uma nova pintura para as paredes ou reparos estruturais. Mudar o visual da casa é sempre positivo, mas alguns cuidados precisam ser adotados para que a reforma não se torne desastrosa.

Saiba mais: Dicas para economizar na reforma da casa

Confira a seguir cinco dicas para não errar na reforma da casa:

1. Planejamento

O projeto da reforma precisa ser bem elaborado.

Ao planejar a reforma, o proprietário da casa pode fazer economia com as alterações e avaliar quais são as reais necessidades do imóvel. Depois de conversar com os outros moradores, o principal responsável pela obra deve listar as prioridades, dando preferência para as mudanças essenciais.

O planejamento da reforma serve para administrar os recursos da obra, ou seja, o morador tem condições de avaliar o custo-benefício para designar as mudanças compatíveis com o orçamento. O projeto bem montado também se revela uma importante ferramenta para evitar desperdícios, como por exemplo, a compra exagerada de materiais de construção.

2. Contratações

A mão-de-obra é um fator importante para o sucesso da reforma, por isso o proprietário do imóvel precisa contratar profissionais especializados para atuar em todas as fazes e evitar transtornos. Para que os resultados satisfaçam os moradores, a equipe de pedreiros deve ser orientada por um arquiteto.

3. Compra dos materiais de construção  

O responsável pela reforma deve elaborar uma lista com os produtos que vai utilizar na obra, depois fazer uma pesquisa de preços nas principais lojas de construção. Aproveitar as ofertas ajuda a economizar, mas isto não pode interferir no quesito qualidade.

A melhor forma de comprar materiais de construção é com o pagamento à vista, mas quem não pode desembolsar toda a quantia numa única vez, deve optar pelo financiamento. Procure fazer o cálculo dos juros para verificar se a compra realmente compensa. Outra opção bem interessante é contar com uma linha de crédito específica, como a da Caixa Econômica Federal.

Veja também: Cuidados com promoções de materiais de construção

4. Estrutura da casa

Lembre-se de que mudanças estruturais exigem muito cuidado.

Algumas mudanças da reforma não podem ser realizadas em antes avaliar a estrutura da casa. Por exemplo, se o projeto determina a construção de um segundo andar, é necessário avaliar se o imóvel suporta a carga estrutural.

Outro fator que está associado à estrutura da casa e não pode ser esquecido é a impermeabilização. A aplicação de determinados produtos impermeabilizantes ajuda a evitar retenção de água nas paredes em decorrência de infiltrações.

5. Atenção aos detalhes

A vistoria deve ser desempenhada com cuidado em cada etapa da reforma, procurando deter a atenção também nos detalhes. Verifique, sobretudo, o acabamento, a tinta, o rejunte, os pisos e as instalações elétricas/ hidráulicas. Este cuidado vai evitar transtornos futuros.

Top