10 benefícios das notas do Enem

Conheça os 10 benefícios das notas do Enem. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se destaca como a principal prova da educação brasileira.…

Conheça os 10 benefícios das notas do Enem. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se destaca como a principal prova da educação brasileira. Além de medir a qualidade das escolas, ele também funciona como um processo seletivo para as principais universidades do Brasil.

10 benefícios das notas do Enem. (Foto Ilustrativa)

10 benefícios das notas do Enem. (Foto Ilustrativa)

O Enem existe desde 1998, mas sofreu por uma reformulação em 2009. A prova passou a ser composta por 180 questões objetivas de múltipla escolha, que abrangem as áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e Redação.

Leia mais: Nota do Enem 2015 sairá em janeiro 2016

10 benefícios das notas do Enem

Confira a seguir os 10 benefícios das notas do Enem:

  1. Prouni

Quem participa do Enem tem condições de disputar uma vaga no Programa Universidade para Todos. O Prouni distribui bolsas parciais (50%) e integrais (100%) entre os universitários, mas para isso é preciso ter tirado no mínimo 450 pontos no exame.

  1. FIES

O estudante que não consegue o Prouni ainda pode usar a nota do Enem para se tornar beneficiário do FIES. O financiamento estudantil atende apenas os estudantes que realizaram o Enem a partir de 2010.

  1. SISU

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é uma criação do MEC, que visa distribuir vagas nas universidades públicas de todo o país. Só podem se inscrever no processo seletivo os estudantes que participaram da edição mais recente do Enem.

A nota no Enem pode ser usada para participar do Sisu. (Foto Ilustrativa)

A nota no Enem pode ser usada para participar do Sisu. (Foto Ilustrativa)

  1. SISUTEC

Além de ajudar a realizar o sonho da faculdade, a nota no Enem também pode garantir uma vaga de educação profissional. As instituições públicas e privadas usam o SISUTEC para distribuir oportunidades de cursos técnicos gratuitos.

Leia Também:  Universidade Livre: entenda o projeto

Saiba mais: Sisutec 2016 Inscrições, vagas, cursos

  1. Ciência sem Fronteiras

O programa Ciência Sem Fronteiras passou a exigir a nota no Enem como critério de participação. Para quem não sabe, essa iniciativa estimula o intercâmbio em universidades no exterior, ou seja, os universitários vão estudar em outro país com tudo pago pelo governo.

  1. Conclusão de Ensino Médio

Quem não frequentou o ensino médio regularmente pode obter o diploma de conclusão através da nota no Enem. Para isso, no entanto, é preciso ter nota mínima de 450 pontos nas provas objetivas e 500 na redação.

  1. My English

Você quer aprender inglês sem qualquer tipo de custo? Então saiba que os participantes do Enem podem fazer um curso gratuito, intitulado de My English. Para garantir uma vaga, a média mínima no exame deve ser 600 pontos.

Participe do curso My English. (Foto Ilustrativa)

Participe do curso My English. (Foto Ilustrativa)

  1. Ingresso em universidades portuguesas

Recentemente, as principais universidades portuguesas passaram a aceitar a nota no Enem como forma de ingresso. O desempenho mínimo deve ser de 500 pontos.

  1. Isenção de vestibular

Muitas instituições particulares de ensino superior estão usando a nota do Enem para substituir o tradicional vestibular. Assim, o candidato não precisa se preocupar tanto com a prova de seleção.

  1. Acréscimo na nota do vestibular

Não são todas as universidades públicas que participam do Sisu, no entanto, elas somam a nota do Enem com o desempenho do candidato no vestibular. Em alguns casos, o Exame Nacional do Ensino Médio chega a substituir a primeira fase.

Veja também: Dicas de revisão para as questões do Enem 2015

Agora você já conhece os 10 benefícios das notas do Enem. Se você perdeu a prova em 2015, então comece a se preparar para o exame desse ano. Continue no Mundo das Tribos e veja outras matérias sobre educação.

Leia Também:  Olimpíada Nacional em História do Brasil 2013: inscrições

 

Top