Tecnologia

Venda de tablets cresce mais de 350% no Brasil

Por Isah
Aumenta o número de tablets vendidos no Brasil.

Os tablets estão se tornando cada vez mais populares entre os brasileiros. O aparelho que apresenta uma mistura das funções do celular com o notebook garante portabilidade aos usuários para realizar várias tarefas do dia a dia, como ver email, jogar e navegar a vontade pela internet.

Saiba mais: Tablets mais baratos – preços, onde comprar

Venda de tablets cresce espantosamente

A venda de tablets cresceu significativamente no Brasil, atingindo um percentual de 351% nos três primeiros meses de 2012. Os números impressionam e revelam que os aparelhos possuem uma forte tendência para ultrapassar outros produtos de informática, como o notebook e o desktop.

De acordo com os dados de uma consultoria especializada em tecnologia IDC, mais de 370 mil aparelhos foram vendidos em todo o país nos três primeiros meses deste ano. A queda dos preços foi um fator importante para que comercialização dos tablets se tornasse mais aquecida.

Calcula-se que, até o final de 2012, mais de 2,5 milhões de tablets serão vendidos no Brasil.

A IDC calcula que, até o final de 2012, mais de 2,5 milhões de tablets serão vendidos no Brasil, acompanhando a taxa de crescimento. A previsão revela uma alta de 212,5%, comparada à venda dos aparelhos no ano passado, que foi de 800 mil.

Os dados também apontam que o crescimento da comercialização dos tablets é muito acelerado e supera outros aparelhos bem quistos no mercado. Segundo uma projeção da IDC, neste ano de 2012, a cada quatro notebooks ou netbooks comercializados, deve ser vendido um tablet. Em 2011, a relação era de dez para um.

Queda dos preços e a variedade aquecem as vendas de tablets

A redução dos preços tornou a compra de tablets mais acessível e, em consequência, aqueceu o mercado. Algumas empresas que fabricam o aparelho contam com benefícios tributários para baratear os preços, como é o caso da Positivo. Em 2011, apenas 3% dos tablets eram vendidos abaixo de R$ 1 mil, no entanto, este índice subiu para 33% este ano.

Além dos preços mais acessíveis, a variedade de tablets também está muito maior em 2012. Desta forma, o consumidor conta com mais opções para escolher o seu aparelho ideal. O mercado tem oferecido produtos para todos os gostos e bolsos: o iPad Apple se destaca como a alternativa mais cara e sofisticada, o Galaxy Samsung e o Ypy Positivo ocupam uma posição intermediária com preço médio e os tablets mais baratos são aqueles que pertencem as marcas menos conhecidas, como as fabricantes chinesas.

O Ypy Positivo possui o preço mais acessível do que o iPad.

As fabricantes nacionais estão ganhando maior visibilidade no mercado de tablets, sendo que nem sempre o principal objetivo é concorrer com o iPad. A Positivo, por exemplo, lançou o seu primeiro aparelho em setembro de 2011, mas já tem planos de aprimorar a sua tecnologia no próximo modelo. Já a DL, quer continuar desenvolvendo tablets para atender as classes C e D.

Veja também: Os modelos de tablets mais vendidos do mercado

Recomendado para você

Tecnologia

Como criar outra conta de Hotmail

Tecnologia

Como criar um QR Code

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *