Menu

Saúde

Atualizado em 5 de maio de 2012, às 4:02
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Objetos que criança corre risco de engolir: como evitar

Durante os primeiros anos de vida da criança, os pais precisam ficar atentos para evitar que ela leve objetos pequenos à boca e, assim, coloque a sua vida em risco.
439489 Objetos que criança corre risco de engolir – como evitar Objetos que criança corre risco de engolir: como evitarCom a mania de levar tudo à boca, as crianças são vítimas frequentes de engasgamento e contaminação.

Durante os primeiros anos de vida, é comum a criança levar objetos à boca. É desta forma que ela faz o reconhecimento do ambiente e de tudo o que a cerca, portanto, trata-se de um processo essencial para o seu desenvolvimento.

Todavia, este comportamento pode oferecer riscos à sua saúde, principalmente se os pais não mantiverem sobre o bebê uma atenção especial. Num momento de descuido, ele pode levar a boca objetos extremamente nocivos (como acontece com bastante frequência) e, assim, sofrer sérios problemas.

Como evitar

439489 Objetos que criança corre risco de engolir – como evitar1 Objetos que criança corre risco de engolir: como evitarQualquer objeto pequeno o bastante para ser levado à boca já oferece riscos.

Geralmente, as crianças costumam engolir moedas, alfinetes, parafusos, tampas de caneta, baterias, pilhas, joias (brincos e anéis), bolinhas de gude e brinquedos. Como esses objetos são pequenos, eles podem ser colocados na boca com mais facilidade.

Veja quais são os objetos que as crianças mais engolem.

O ideal é mantê-los longe do alcance dos bebês. Nunca deixe moedas e parafusos em lugares de fácil acesso. Separe um local onde possa guardá-los e garantir que eles fiquem distante dos seus filhos. O mesmo vale para os demais objetos citados e qualquer produto que tenha tamanho suficiente para oferecer algum risco.

No caso dos brinquedos, escolha aqueles que são indicados para a faixa etária da criança (essa informação está disponível na embalagem). Evite jogos de desmontar ou pouco resistentes, pois qualquer impacto mais forte pode soltar lascas e pedaços menores. Os jogos de tabuleiro, com dados e peças pequenas, só devem ser entregues às crianças mais velhas.

Saiba mais sobre: Brinquedos para bebês – cuidados para escolher.

Como agir no momento de desespero

439489 Objetos que criança corre risco de engolir – como evitar2 Objetos que criança corre risco de engolir: como evitarEm momentos como este, manter é calma é fundamental.

A falta de tranquilidade e de conhecimento em casos de engasgamento pode agravar o quadro. Ao perceber que a criança acabou de engolir ou aspirar um corpo estranho, tentar manter a calma, por mais que esta não seja uma tarefa fácil.

O próximo passo é levar o menino ou a menina ao pronto socorro e não tentar resolver o problema em casa (como a maioria faz). Em casos como este, é comum as pessoas oferecerem alimentos ou forçarem o vômito, o que pode complicar a quadro. Os pais também não devem tentar remover o objeto, a não ser que se tenha certeza de que é possível retirá-lo por inteiro.

Às vezes, as complicações oriundas da ingestão de objetos estranhos nem sempre aparecem de imediato. Assim, você precisa ficar atento a alguns sintomas que a criança pode vir a apresentar, como tosse, chiado no peito, secreção, coceira e dor nos ouvidos, infecções respiratórias constantes etc.

De olho nessas e em outras dicas, você vai poder a garantir segurança ao seu filho e um desenvolvimento muito mais saudável.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.