Menu

Saúde

Atualizado em 5 de junho de 2011, às 9:20 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Nutrientes que ajudam a fortalecer o organismo

mulher saudavel Nutrientes que ajudam a fortalecer o organismo
Uma dieta correta baseada em alimentos como frutas, verduras, legumes e grãos fortalece o nosso organismo para enfrentar inimigos diários como gripes, infecções e dentre outras doenças.

Isso aconteec porque as vitaminas e minerais que fortalecem as nossas defesas estão presentes na maioria das frutas, grãos e hortaliças.

As principais vitaminas e minerais capazes de fortalecer o nosso sistema imunológico são: A, C, E e ácido fólico e os minerais zinco e selênio.

Vamos conhecer um pouco mais sobre as vitaminas e minerais:

Vitamina A – mantém a integridade das membranas mucosas. Alimentos como cenoura, abóbora, fígado, batata doce, damasco seco, brócolis, melão possuem poderosas doses dessa vitamina

Vitamina C-  Funciona como ótimo anti oxidante, estimula a resistência do nosso organismo contra as infecções imunológicas, além disso aumenta a produção das células de defesa. Os alimentos ricos em vitamina C são: acerola, frutas cítricas, kiwi, caju, pimentão verde, vegetais folhosos crus, morangos e repolho.

Importante: a vitamina C é facilmente destruída pela luz e calor, portanto um suco preparado com laranjas e acerolas deve ser consumido logo após o preparo para que não perca a vitamina.

alimentos funcionais Nutrientes que ajudam a fortalecer o organismo
Vitamina E
– capaz de interagir com as vitaminas A e C, com o mineral selênio e também tem ação antioxidante, mas sua principal funçãoé proteger as membranas celulares contra substâncias tóxicas, radiação e organismos que podem causar sérios danos as estruturas das células, atacando o processo de envelhecimento, desencandeando algumas formas carcinogênese. Alimentos ricos em vitamina E: Germe de Trigo, óleos de soja, arroz, algodão, milho e girassol, amêndoas, nozes, castanha do Pará, gema de ovo, vegetais folhosos e legumes.

Vitamina E – Essa vitamina tem a capacidade de interagir com as vitaminas A e C e com o mineral selênio, agindo como antioxidante. Sua função primordial é proteger as membranas celulares contra substâncias tóxicas, radiação e os temerosos radicais livres que são liberados em qualquer reação química do organismo e podem causar sérios danos às estruturas das células, detonando o processo de envelhecimento e desencadeamento de algumas formas de carcinogênese. Alimentos ricos em vitamina E são o germe de trigo (fonte mais importante), óleos de soja, arroz, algodão, milho e girassol, amêndoas, nozes, castanha do Pará, gema, vegetais folhosos e legumes.

Ácido fólico – nos primeiros meses de gravidez é comum que a futura mamãe ingira comprimidos de ácido fólico, porém, essa vitamina é muito importante para todos os indivíduos, pois, são elas as responsáveis pela formação dos leucócitos (glóbulos brancos) na medula óssea. Os alimentos ricos em ácido fólico são: fígado, feijão, vegetais folhosos verdes escuros (brócolis, couve e espinafre, por exemplo).

vitaminas Nutrientes que ajudam a fortalecer o organismo
Zinco –
Mineral com forte atuação na reparação dos tecidos e cicatrização de ferimentos, a deficiência desse mineral resulta em diversas doenças imunológicas. As principais fontes alimentares que contém zinco são: carnes, peixes, aves e leite. Cereais integrais, feijões e nozes também são ótimas fontes.

Selênio – como a vitamina E, esse mineral possui grande capacidade antioxidante, neutraliza os radicais livres formados devido a exposição excessiva ao raios solares, fumaça de cigarro, entre outros), retardada o processo de envelhecimento e evita o desencadeamento de algumas formas de câncer. Os alimentos como castanha do Pará, alimentos marinhos, fígado, carne e aves são ricos em selênio.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.