Menu
Você está em: MundoDasTribos > Entretenimento > Guitarrista do Slayer morre aos 49 anos

O guitarrista do Slayer,Jeff Hanneman, morreu nessa quinta-feira, 2 de maio.

Netinho está com adenomas no fígado

[02/05/2013]

Novo namorado de Deborah Secco: saiba mais

[03/05/2013]
 

Jeff Hanneman, guitarrista do Slayer, faleceu nesta quinta-feira (2 de maio), nos Estados Unidos. A informação veio da banda em sua página oficial no Facebook.

“O Slayer está devastado ao informar que o companheiro de banda e irmão, Jeff Hanneman, morreu por volta de 11h desta manhã próximo à sua casa, no sul da Califórnia. Hanneman estava em um hospital da região quando sofreu insuficiência hepática. Ele deixa a esposa Kathy, a irmã Kathy e os irmãos Michael e Larry, e sua falta será profundamente sentida. Irmão Jeff Hanneman, descanse em paz (1964 – 2013)”, descreve a mensagem no perfil do Slayer.

Guitarrista morre aos 49 anos (Foto: Divulgação)

 

Leia também: Os produtos mais bizarros de bandas de rock

Jeff Hanneman foi um dos fundadores da banda

Jeff Hanneman tinha 49 anos e foi um dos fundadores da banda de thrash metal em 1981. O guitarrista foi coautor de algumas das músicas mais conhecidas da banda, como “Raining blood” e “Angel of death”, do disco “Reign in blood”, de 1986.

Slayer fará show no Rock in Rio

O Slayer tem show marcado no dia 22 de setembro no Rock in Rio. A banda deve tocar junto com o Iron Maiden em São Paulo, no dia 20, e em Curitiba, no dia 24 do mesmo mês. Não houve informações se a agenda vai ser cumprida e sobre substitutos.

Saiba mais sobre: Festivais de verão Europa 2013

 

Guitarrista pode ter morrido por causa da doença que contraiu em 2011 (Foto: Divulgação)

Possível causa da morte

Hanneman foi picado em 2011 por uma aranha e acabou sofrendo uma infecção chamada fasciite necrosante, com complicações de saúde graves. O guitarrista teve, inclusive, que sair da turnê da banda em 2012. O Slayer não informou no comunicado se a morte foi causada pelas complicações depois da picada.

Segundo o anúncio realizado por meio do site oficial do grupo em maio do ano passado, Hanneman quase veio a óbito por conta dda fasciite necrosante, e os médicos chegaram a discutir a possibilidade de amputar seu braço. “Ele ficou em coma induzido por alguns dias e teve que passar por diversas operações para remover o tecido morto de seu braço. Entendam que ele estava em um estado muito, muito ruim”, declarou por meio do comunicado de 2012.

 

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL