Menu

Saúde

Atualizado em 22 de janeiro de 2013, às 12:46
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Cuidados que a grávida deve ter na praia

As gestantes devem redobrar os cuidados quando vão as praias. Veja dicas de cuidados que a grávida deve ter na praia.

As viagens para a praia são muito comuns nesse período do ano, são ótimas opções para relaxar, afinal de contas o mar proporciona muita tranquilidade e sensação de bem-estar. A grávida pode frequentar tanto as praias quanto piscinas, porém elas devem tomar alguns cuidados. Pensando nisso, selecionamos dicas de cuidados que a grávida deve ter na praia. Confira.

570188 As grávidas devem redobrar os cuidados ao ir às praias. Foto divulgação Cuidados que a grávida deve ter na praia As grávidas devem redobrar os cuidados ao ir às praias. (Foto: divulgação)

Gestantes na praia

O verão é uma das épocas mais propícias para curtir uma boa praia. O litoral é o ambiente preferido pelos brasileiros e com o sol intenso, alimentação inadequada e falta de exercícios físicos, é preciso ter cuidados especiais, principalmente as grávidas de primeira viagem.

Segundo especialistas, a futura mamãe pode ganhar peso facilmente nesse período, além da própria mudança metabólica normal corporal. Tudo isso contribuirá para que ela fique mais cansada e inchada.

570188 A alimentação saudável é essencial durante as viagens para praia. Foto divulgação Cuidados que a grávida deve ter na praia A alimentação saudável é essencial durante as viagens para praia. (Foto: divulgação)

Veja também gestante acima do peso, cuidados 

Dicas de cuidados que a grávida deve ter na praia

1. Banho de mar: para evitar esforço muito intenso e risco de quedas provocadas pelas ondas fortes, por isso a gestante não deve nadar e áreas profundas. O ideal é que o nível da água fique na altura do joelho. Outro cuidado a ser tomado é ficar de costas para ondas para que não ocorra choque direto com a região abdominal. O banho de mar é permitido para gestantes de baixo risco, caso contrário não.

2. Brincar na areia: na areia da praia, nada impede que a grávida brinque com o filho mais velho. Outros jogos como frescobol exige muito esforço e pode colocá-la em uma região onde o bola pode atingi-la. Brincar com moderação e na superfície da água está liberado.

3. Tomar sol: os cuidados com a exposição solar devem ser redobrados durante a gravidez. A pele da grávida é mais sensível, por esse motivo ela deve optar por um protetor solar de fator máximo de proteção. Além disso, o sol deve ser aproveitado nos períodos mais frescos, ou seja, no começo da manhã ou no final da tarde. O uso de chapéu também é uma ótima opção.

4. Alimentação: segundo especialistas, o melhor é não consumir alimentos vendidos por ambulantes. Tudo isso porque raramente pode-se confiar na procedência desses alimentos. Além disso, muitos desses quitutes são frituras e as grávidas devem evitar esse tipo de alimentos.

5. Bebidas alcoólicas: a grávida não deve ingerir bebida alcoólica em grandes quantidades. O uso sistemático e diário é totalmente contraindicado na gestação.

6. Calor e inchaço: o excesso de calor pode provocar vasodilatação. O ideal é que a gestante não fique sentada por muito tempo e nem em pé. As caminhadas leves também minimizam o problema, além disso, reduzir o sal da comida é essencial.

570188 O uso de protetor solar é indispensável no verão. Foto divulgação Cuidados que a grávida deve ter na praia O uso de protetor solar é indispensável no verão. (Foto: divulgação)

Veja também cuidados para viajar durante a gestação 

As grávidas podem ir às praias desde tenham alguns cuidados básicos para garantir a segurança e saúde das mesmas e dos bebês. As gestantes devem redobrar os cuidados com alimentação, proteção solar, exercícios físicos e banhos de mar, pois eles podem colocar em risco a saúde da mãe e do bebê. A hidratação também é indispensável nesse período, portanto tome muita água enquanto estiver na praia.

Conteúdo avaliado com média:
A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.