Xuxa fala pela primeira vez sobre abusos que sofreu na infância

Xuxa é a eterna rainha dos baixinhos (Foto: Divulgação)

Durante a exibição da entrevista concedida para o quadro “O que vi da Vida”, que foi exibida no último dia 20 de maio (domingo), no Fantástico, a eterna rainha dos baixinhos, Xuxa Meneghel, declarou que sofreu abusos sexuais na infância e que foram cometidos por mais de uma pessoa.

“Não foi apenas uma pessoa, foram algumas pessoas. Parou quando eu tinha 13 anos, quando pude fugir disso. E eu tinha medo de falar porque o medo de passar por tudo isso de novo era muito grande. Foi o melhor amigo do meu pai, que queria ser meu padrinho, um cara que ia casar com minha avó e um professor”, declarou ao Fantástico.

A apresentadora disse que era uma jovem encorpada, alta e que aparentava mais idade do que realmente tinha e que sempre chamou atenção de homens mais velhos e, por muitos anos, sentiu-se culpada dos abusos que sofreu, como se tivesse de alguma forma provocado tudo aquilo mesmo sem querer. “Eu sempre achei que eu estava fazendo alguma coisa: ou era minha roupa ou era o que eu fazia que chamava a atenção. Essas coisas que pra mim doem, me machucam, me dá vontade de vomitar. Quando eu lembro que tudo isso aconteceu e eu não pude fazer nada porque eu não sabia, eu não tinha experiência… O que uma criança pode fazer?”, perguntou.

Maria da Graça Meneghel quis contar sobre os problemas da infância depois que começou a participar da campanha “Não bata, eduque”. “Descobri que das crianças que estão na rua, 80% estão se prostituindo – a palavra nem seria essa, porque elas não sabem o que estão fazendo -, roubando, se drogando, sofreram algum tipo de abuso dentro de casa. Algum tipo de violência que fez com que ela saísse.”, disse.

Apresentadora declarou que sofreu abusos várias vezes (Foto: Divulgação)

Além das confissões sobre os abusos, Xuxa falou sobre três homens que passaram por sua vida: Ayrton Senna, Pelé e Michael Jackson. “Um dia eu olhei uma revista e estava o Senna numa fazenda. E eu pensei: ‘olha só, um cara que gosta de bicho que nem eu, um cara com grana que não vai querer minha grana, um cara conhecido que não vai querer se aproveitar de mim, mas já tem namorada’. E aí demorou uma semana, dez dias, ele ligou para a Globo, para tudo que era lugar, para me procurar. Atendi o telefone e ele disse: ‘eu quero te conhecer'”, contou. Xuxa contou que o excesso de trabalho dos dois os separou. “A única pessoa com que eu pensei realmente em me casar foi com ele. E eu achei que iria reencontrá-lo e que a gente ia ficar junto”.

Leia também: Franquia Xuxa Casa X, Buffet infantil para festas

Com relação a Pelé, Xuxa disse que foi uma grande experiência e que no começo pensou em se separar dele devido aos rumores de que ela estava com ele por causa da sua fama e dinheiro, mas que foi uma paixão em sua vida. “Ele foi uma pessoa muito importante pra mim, eu gostei muito dele. Aprendi muita coisa boa, muita coisa ruim. Eu fiquei seis anos com ele”.

“Ouvia muita gente falar que era porque ele era conhecido, ser famoso. Esse foi um dos motivos por que eu quis me separar dele logo no início, quando eu vi que estava gostando de verdade dele. Pena que eu era muito nova e ele, muito conhecido e bem mais velho e não deu valor a isso”, concluiu.

Já sobre Michael Jackson, a rainha dos baixinhos contou que a proposta de casamento veio por meio da assessoria do astro e que o via apenas como ídolo. “Veio uma proposta do empresário dele: se eu não pensava em de repente ficar com ele. Eu falei: ‘como assim?’. É porque ele gostaria de ter filhos, casar. E eles achavam muito legal ter essa junção. Uma pessoa que trabalha com crianças na América do Sul e ele, que gosta de crianças. Minha resposta, obviamente, foi não. Eu fico com a pessoa por quem eu me apaixono.”

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply