Voo executivo: quanto custa, vantagens

Viajar de avião é uma experiência única e garante diferentes sensações aos passageiros. Quem deseja poupar dinheiro com o transporte aéreo normalmente escolhe um…

Por Isabella Moretti em 30/08/2013

Viajar de avião é uma experiência única e garante diferentes sensações aos passageiros. Quem deseja poupar dinheiro com o transporte aéreo normalmente escolhe um lugar na classe econômica. Já as pessoas que desejam voar com conforto e direito a alguns mimos recorrem à classe executiva.

Como funciona o voo executivo?

A classe executiva dos aviões é voltada principalmente para os profissionais que estão viajando a negócios. O nível de conforto e qualidade, tanto dos assentos como dos serviços de bordo, é superior ao da classe econômica.

A escolha da classe executiva para viajar nem sempre é uma questão de status. Os lugares mais confortáveis do avião minimizam diversos problemas que podem surgir durante o voo, como o mal-estar e o enjoo. Um voo com mais de 12 horas de duração, por exemplo, se torna mais leve e menos tenso quando o passageiro conta com a excelência da classe executiva.

O voo executivo oferece vantagens, mas não chega a ser tão requintado como a primeira classe. A poltrona, por exemplo, tem três posições diferentes, mas não chega a deitar. O passageiro também não dispõe de assento individual, ou seja, sempre terá uma pessoa sentada ao lado.

A companhia aérea não fornece pijamas ou roupa de cama especial ao passageiro da classe executiva. Os mimos para dormir se limitam ao travesseiro e cobertor. No que diz respeito ao cardápio, os pratos são tão saborosos quanto na primeira classe.

Os passageiros da classe executiva contam com filas especiais de check-in, telefones que fazem ligações via satélite, telas de TV individuais, canais de vídeos com filmes, recursos para redução de ruídos, maior variedade de refeições, entre outros benefícios que variam de acordo com a empresa aérea. Se a pessoa pertence ao clube de fidelidade da companhia, ela consegue converter o seu voo na classe empresarial em muitos pontos.

O voo executivo é intermediário, afinal, ele não chega a ser tão desconfortável como a classe econômica e nem tão caro como a primeira classe.

Muitas empresas áreas renunciaram a viagem ‘cinco estrelas’ para fazer uma redução de custos, por isso trabalham apenas com as classes econômica e executiva.

Quanto custa o voo executivo?

Os preços da classe empresarial variam de acordo com o trecho e a companhia aérea.  Um avião que viaja de São Paulo a Frankfurt, por exemplo, cobra R$ 11 mil por passageiro. As passagens de ida e volta entre a capital paulista e Amsterdã custam R$ 7.204. Já o voo que percorre a rota São Paulo-Istambul (ida e volta) tem um custo de R$ 9.420 na classe executiva. Se o percurso da viagem é de São Paulo e Roma, o preço é R$ 8.190.

* preços de outubro de 2012

Top