Vítima de assalto passa receber fotos de receptadores do celular roubado em seu Facebook

Alguns aparelhos celulares são visados por criminosos devido a quantidade excessiva de tecnologia que eles possuem. Porém, esses equipamentos podem ajudar a solucionar crimes,…

Alguns aparelhos celulares são visados por criminosos devido a quantidade excessiva de tecnologia que eles possuem. Porém, esses equipamentos podem ajudar a solucionar crimes, justamente, graças a sua tecnologia e a falta de conhecimento nesse assunto dos receptadores dos aparelhos e dos ladrões dos objetos.

Imagem publicada em rede social de vítima de assalto (Foto: divulgação)

Celular envia fotos íntimas de receptadores do aparelho para página do Facebook da vítima

No Rio de Janeiro, mais precisamente em Niterói, aconteceu um caso que seria cônico se não fosse trágico. Graças a um aplicativo de um celular roubado em dezembro do ano passado, a polícia está perto de descobrir quem é o assaltante do equipamento.

Crime aconteceu no Natal do ano passado

No dia 25 de dezembro, Natal de 2013, um morador de Niterói foi assaltado. Logo depois de registrar o Boletim de Ocorrência a vítima do roubo começou a receber imagens tiradas com o seu celular roubado. A polícia acredita que na verdade o aparelho foi vendido pelos bandidos, e que as fotografias mostram os receptadores do produto.

Imagem da página do Facebook de vítima do assalto (Foto: Divulgação)

Fotos íntimas de receptadores de celular acabam em rede social de vítima do roubo

São muitas as fotos tiradas com a câmera do celular da vítima, sendo que existem imagens de cunho íntimo, fotos de crianças e até de confraternizações em família. Algumas imagens foram postadas no Facebook da vítima do roubo, graças ao aplicativo que ela tem instalada no celular, que no momento, está em posse de pessoas que supostamente compraram o aparelho de assaltantes.

Veja como continua a história >> https://www.facebook.com/felipepassion/posts/582060828551135?notif_t=like 

Continuar Lendo  Chefes de mentira que são insuportáveis de verdade

O aplicativo que é o responsável pelo envio de imagens do celular diretamente para o Facebook chama-se Dropbox. Esse programa encaminha as imagens por e-mail para o perfil cadastrado. A polícia de Niterói está investigando o caso, mas até o momento não foi informado se algum suspeito do crime foi preso. Recepção de produtos de procedência duvidosa é crime, e as pessoas que aparecem nas imagens poderão ser processadas por isso.

Top