Vírus de internet banking: cuidados

Acessar os serviços bancários pela internet é bastante prático, já que sem sair de casa ou do seu local de trabalho você pode consultar…

Por Andre em 10/12/2012

Acessar os serviços bancários pela internet é bastante prático, já que sem sair de casa ou do seu local de trabalho você pode consultar saldos e extratos, fazer transferências de valores, pagar contas etc, sem a necessidade de encarar filas e agências lotadas.

Tomando alguns cuidados, você pode acessar o internet banking com segurança (Foto: Divulgação)

Porém, essa praticidade traz também vários perigos, causados por criminosos virtuais, que sempre estão tentando arrumar uma maneira de roubar dados e informações pessoais de internautas desavisados, durante o acesso ao internet banking.

Para se ter uma ideia, somente na Europa, em 2011, mais de 30.000 clientes tiveram suas contas bancárias invadidas, resultando em um roubo de mais de 36 milhões de euros, o equivalente a mais de R$ 96 milhões, por causa de um vírus de internet banking.

Eles recebiam um e-mail que parecia verídico, e ao abrí-los eram instruídos a entrar em um site falso e lá realizar o download de um software, que na verdade se tratava de um vírus. Com a praga virtual instalada em suas máquinas, os dados eram captados pelos cibercriminosos sempre que os clientes usavam o internet banking.

Crescendo a cada dia: Internet banking é o 2º canal preferido dos brasileiros em operações bancárias

Cuidados ao usar o internet banking

Exemplo de e-mail falso, convidando o cliente para atualizar seus dados (Foto: Divulgação)

Uma das melhores formas de se proteger do vírus de internet banking é não abrir e-mails de bancos ou de outras instituições financeiras, principalmente se você não for cliente delas, pois na maioria das vezes eles são falsos e carregam códigos maliciosos.

Se por acaso você receber e-mail do banco em que possui conta, uma boa opção é ligar para o seu gerente e verificar a veracidade da mensagem, antes de abrí-la. Isso vale também para as mensagens SMS, convidando clientes a atualizar dados ou baixar softwares, outro golpe que tem sido muito usado.

Verifique se o site é verdadeiro

Confira o endereço do site, se tem o mesmo nome do banco e se a página é segura (Foto: Divulgação)

Outra dica interessante para se proteger durante as transações é verificar se o site é verdadeiro e seguro, prestando atenção ao endereço eletrônico (se é mesmo do banco) e ao ícone do cadeado, que traz informações sobre o certificado digital usado para criptografar aquela página.

Se desconfiar de algo, não digite nenhum dado. Entre em contato com o banco e informe sobre o problema.

Mantenha o antivírus atualizado

O antivírus atualizado aumenta a proteção do PC (Foto: Divulgação)

Manter o antivírus atualizado é outra boa maneira de se proteger dos vírus de internet banking. Como surgem novas pragas virtuais a cada dia, é importante atualizar o programa diariamente, para aumentar a sua proteção.

Além disso, nunca acesse o internet banking em lan houses ou computadores de pessoas desconhecidas.

Veja outras dicas: Phishing – como se proteger

Top