Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet

Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet! Isso porque de acordo com a página oficial da Federação Israelita de São Paulo no Facebook…

Por Élida Santos em 08/08/2014

Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet! Isso porque de acordo com a página oficial da Federação Israelita de São Paulo no Facebook o apresentador do CQC ofendeu um grupo de judeus. O vídeo foi colocado na internet no último dia 5 de agosto. Marcelo Tas disse prontamente que tudo não passa de uma fraude para que o movimento e as pessoas envolvidas consigam aparecer na mídia. O apresentador chegou a comentar o caso antes mesmo do vídeo ser divulgado.

Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: marcelos Tas Diz Que Rafinha Bastos Está Fora Do CQC

Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet

Vídeo com Marcelo Tas causa polêmica na internet e de acordo com um comunicado que acompanha o vídeo no facebook, o grupo de representantes da comunidade judaica foi aos estúdios da TV Bandeirantes para fazer um debate sobre as reportagens feitas pelo CQC sobre o conflito entre Israel e Gaza.

“Na última segunda-feira (04/08), um grupo da comunidade judaica de São Paulo foi até os estúdios da TV Bandeirantes em São Paulo para assistir o programa CQC e buscar um bate-papo respeitoso com os integrantes da bancada sobre as reportagens que foram ao ar nas últimas três semanas tratando o conflito em Gaza. O âncora do humorístico, Marcelo Tas, permaneceu por alguns minutos após o programa, e em uma clara demonstração de intolerância, recebeu o grupo da seguinte maneira…”, escreveram na página do Facebook deles como introdução ao vídeo.

Saiba mais informações sobre: estreia De Dani Calabresa No CQC

 

Marcelo Tas veio a público se defender (Foto: Divulgação)

Vídeo de Marcelo Tas em discussão

 

Defesa de Marcelo Tás

“Depois do programa de ontem, fui abordado no estúdio por um grupo de judeus que se dizia ‘decepcionado’ com a ‘parcialidade’ da série do CQC em Gaza. Pedi que me apontassem fatos e recebi de volta respostas vazias e algumas teorias da conspiração. Entre eles identifiquei alguns que nos últimos dias incitaram internautas no Facebook a detonar o CQC. Era tarde, mais de uma da manhã, depois de ancorar o programa por mais de duas horas ao vivo eu já tinha atendido as pessoas que participavam da plateia. Mesmo assim, fiquei um bom tempo conversando com o grupo em pé num canto do estúdio. Foi uma conversa sincera, algumas vezes tensa mas civilizada dentro do possível para aquela hora e lugar”, explicou Tas, defendendo-se das acusações.


Top