Vício em pornografia: saiba mais

Vício em pornografia: saiba mais

Algumas pessoas podem não se atentar aos riscos que a pornografia pode oferecer para a saúde. O assunto é bastante polêmico e, apesar de…

Por Editorial MDT em 27/09/2013

Algumas pessoas podem não se atentar aos riscos que a pornografia pode oferecer para a saúde. O assunto é bastante polêmico e, apesar de não ser tão popular, o vício em pornografia é um problema capaz de afetar homens, mulheres, jovens e até mesmo crianças. Saiba mais sobre o assunto

O vício em pornografia é um problema cada vez mais comum. (Foto: divulgação)

O que é pornografia

Apesar de a pornografia ser definida como qualquer expressão humana capaz de estimular pensamentos sexuais, na prática esse termo acaba sendo usado para se referir a um tipo de atividade comercial, onde as mídias mais comuns para exibição são o cinema, revistas especializadas no gênero e principalmente a internet. Apesar de não serem tão comuns, também é possível encontrar pinturas e esculturas que seguem essa proposta.

A pornografia no mundo

De acordo com as pesquisas sobre o assunto, não para de crescer o número de pessoas que procuram conteúdos pornográficos, especialmente na internet, que nos últimos anos contribuiu para dar fôlego a esse tipo de atividade. Os números impressionam:

  • Por segundo, são mais de 28 mil usuários acessando conteúdos eróticos na web;
  • Mensalmente são feitos mais de 1 bilhão de downloads de material pornográfico;
  • 78% das pessoas que procuram esse tipo de serviço são homens e 22% são mulheres;
  • 17% das mulheres são declaradamente viciadas em pornografia;
  • Entre os jovens com idade de 15 a 20 anos, 80% já foi exposto a algum tipo de pornografia;
  • A idade média para o primeiro contato com conteúdo pornográfico é de apenas 9 anos.

Muitas vezes a pessoa deixa de procurar ajuda por vergonha. (Foto: divulgação)

O vício em pornografia é um problema

O vício em pornografia pode se tornar um sério problema na vida de algumas pessoas, que passam a dispensar boa parte do tempo diário à procura desse tipo de material. A compulsão pode acabar levando o indivíduo a viver em outra realidade, onde praticamente não há limites para as fantasias e desejos. O resultado pode ser uma grande dificuldade de se relacionar fisicamente com pessoas no mundo real e um grande prejuízo social.

Como acabar com o vício

Na maioria dos casos os portadores desse tipo de vício acabam não admitindo que possuem um problema. Entre os capazes de identificar que a situação está fugindo do controle, boa parte prefere enfrentar o problema sozinho, seja por vergonha ou até mesmo sentimentos de culpa.

Algumas dicas que podem ajudar a acabar com o vício em pornografia são:

  • Caso sinta necessário, não deixe de procurar ajuda profissional, para assumir de vez o problema e procurar formas de contornar a situação;
  • Estabeleça limites para o que vê. Evitar situações em que possa acabar cometendo deslizes é a maneira mais prática para combater o vício;
  • Tente conversar sobre o assunto com alguém de confiança. Quanto mais se tenta esconder o problema, com maior força virá a vontade.

Procurar ajuda profissional é uma maneira de tentar acabar com o problema. (Foto: divulgação)

O vício em pornografia é um problema que nos últimos tempos tem se tornado cada vez mais comum. Vale a pena ficar por dentro do assunto e entender porque esse tipo de comportamento pode ser prejudicial à saúde psicológica, bem como saber quais medidas tomar para combatê-lo.

Top