Vício em malhação pode ser perigoso para saúde

Muitas pessoas têm dificuldade em manter uma rotina de atividades físicas, seja pela falta de tempo ou por falta de disposição para praticar qualquer…

Por Editorial MDT em 26/12/2011

A vigorexia é o nome dado a doença relacionada ao vício em praticar exercícios físicos.

Muitas pessoas têm dificuldade em manter uma rotina de atividades físicas, seja pela falta de tempo ou por falta de disposição para praticar qualquer exercício. Porém, existe o oposto dessa realidade. Algumas pessoas não conseguem parar praticar esse tipo de atividade, tornando o que seria algo bom para a saúde em algo prejudicial.

Após estudos e avaliações realizadas com os ‘viciados em exercício físico’, se observou que pode ocorrer o desenvolvimento de transtornos psíquicos nessas pessoas. Estes transtornos chegam a ser tão graves que resultam na distorção da autoimagem. Ou seja, mesmo praticando uma quantidade excessiva de exercícios, causando problemas como doenças articulares, magreza ou excesso de músculos, esses indivíduos não percebem que estão exagerando. A esse distúrbio foi dado o nome de vigorexia.

Sinais e sintomas do exagero na prática de exercícios

A vigorexia é considerada uma doença e deve ser tratada com muita atenção. Os sinais e sintomas mais comuns são:

  • Fortes dores nas costas;
  • Aparecimento de tendinites em joelhos, ombros, patelares;
  • Inflamações articulares;
  • Estiramentos musculares.

A prática de exercícios físicos faz bem a saúde. Mas não quando é feita em exagero.

O grande perigo da distorção da imagem na vigorexia é a consequência da necessidade de apresentar-se forte e musculoso a todo custo. Além dos problemas relacionados ao excesso de exercícios, existem outros que prejudicam a saúde do indivíduo. Um deles é que o vigoréxico acaba fazendo uso de substâncias para ajudar a alcançar o tão sonhado corpo sarado. As medicações mais maléficas e preocupantes são os anabolizantes, que podem causar diversas alterações no organismo, levando a sérios problemas de saúde como:

  • Atrofia dos testículos;
  • Disfunção erétil;
  • Lesão renal;
  • Lesão hepática (fígado).

É importante ressaltar que a atrofia testicular está intimamente ligada a infertilidade masculina, podendo ser uma manifestação sem outros sintomas, dificultando seu diagnóstico.

Infelizmente, os portadores desse transtorno só procuram atendimento psiquiátrico, após ser encaminhado por um cardiologista ou urologista, procurado solucionar problemas causados pelo uso de esteróides (anabolizantes).

Diante da enorme dificuldade em diagnosticar a vigorexia, especialistas estão criando alguns testes que ajudam a avaliar o risco de desenvolver o problema. É importante que as pessoas que gostam muito de praticar exercícios físicos fiquem atentas aos exageros. Na presença de qualquer sinal de vício, é melhor procurar o atendimento médico.

Fique sempre atento e lembre-se, a prática de atividade física faz bem à saúde, porém o exagero pode ser prejudicial.

Existem algumas substâncias como os anabolizantes, que são utilizadas para alcançar o corpo ideal. Porém, podem causar graves problemas de saúde.

Top