Vício em compras: sintomas, quais são

O vício consiste em um hábito repetitivo que gera sérios prejuízos para a vida de uma pessoa. Existem vários objetos que podem se tornar…

O vício consiste em um hábito repetitivo que gera sérios prejuízos para a vida de uma pessoa. Existem vários objetos que podem se tornar viciantes, como drogas, trabalho e amor. Um grande número de pessoas também sofre com o vício em compras.

A compulsão por compras é um problema sério. (Foto:Divulgação)

O vício em compras se manifesta quando o indivíduo tem muito prazer ao adquirir bens materiais. O seu comportamento consumista gera certa dependência, capaz de atrapalhar diversos pontos da vida.

Saiba mais: Vício em compras: como tratar

Oniomania: compulsão por compras

As compras compulsivas sinalizam um transtorno, chamado Oniomania. O problema foi descrito pelos estudiosos há mais de 100 anos, mas continua afetando a sociedade, principalmente com o desenvolvimento do capitalismo.

A compulsão por compras já afetou até mesmo personalidades conhecidas do público, como é o caso de Maria Antonieta, Princesa Diana e Jackeline Kennedy. O consumismo, na maioria das vezes, está relacionado a um vazio afetivo muito grande.

O consumidor compulsivo sofre de Oniomania. (Foto:Divulgação)

Assim como a nicotina ou a bebida alcoólica, comprar dá prazer e por isso acaba viciando. O consumo compulsivo, no entanto, pode causar dívidas exacerbadas e também gerar depressão.

A Oniomania afeta mais as mulheres do que os homens. De acordo com pesquisas, 96% dos compradores compulsivos gastam com roupas, 75% investem o dinheiro em sapatos, 33% em maquiagem e 42% adoram comprar joias.

Sintomas de vício em compras

A pessoa que é viciada em compras pode desenvolver alguns sintomas antes de adquirir o seu objeto de desejo. O transtorno causa ansiedade, euforia e falta de controle sobre as ações. O comprador compulsivo não adquire bem por necessidade, mas sim para se sentir melhor.

Leia Também:  Alimentos orgânicos não são mais nutritivos que os convencionais

Quanto mais supérflua a compra, mais excitado fica o comprador compulsivo. Ele gosta de ser diferente, ter produtos que a maioria das pessoas não tem. Sem planejamento, ele compra em excesso durante vários períodos do ano, não somente nas datas comemorativas.

Tratamento do vício em compras

A consumidor compulsivo sente prazer ao fazer compras. (Foto:Divulgação)

O vício em compras pode ser tratado com psicoterapia e algumas mudanças de hábito. O comprador compulsivo terá o desafio de se controlar diariamente, ou seja, precisa quebrar os seus cartões de crédito, comprar apenas com dinheiro vivo e fazer listas para não acabar obtendo uma aquisição desnecessária.

Quem sofre de Oniomania também deve evitar as lojas em promoção e substituir o consumismo por outros prazeres da vida, como passar mais tempo com a família, praticar esporte ou fazer um curso. Se o vício persistir mesmo com as mudanças de hábitos, o paciente terá que ser submetido a um tratamento medicamentoso.

Veja também: Como lidar com pessoas viciadas em compras

Top