Viagem Turística para Israel

País com mais de sete milhões de habitantes, cujo idioma oficial é o hebreu e localizado entre o Egito, a Faixa de Gaza, o…

País com mais de sete milhões de habitantes, cujo idioma oficial é o hebreu e localizado entre o Egito, a Faixa de Gaza, o Líbano, a Síria e a Cisjordânia. Este é Israel, um dos países que tem destaque constante na mídia devido a conflitos políticos e religiosos, mas que guarda em todas as suas cidades uma grande carga histórica. Fazer uma viagem para Israel significa mesclar passeios históricos com resorts super modernos localizados no Mar Mediterrâneo, escolher entre o turismo arqueológico e o ecoturismo, e assim sucessivamente. Trata-se de um destino surpreendente, com o maior número de museus per capta e pontos turísticos inesquecíveis. Veja algumas dicas:

– Jerusalém: a capital do país é Patrimônio Mundial da UNESCO e a cidade mais sagrada do Judaísmo. A grande atração turística é a Cidade Antiga, dividida em quatro bairros. Entre os pontos turísticos mais famosos de Jerusalém destacam-se:

> Muro das Lamentações: situado na Esplanada das Mesquitas, é um local onde muitos judeus e turistas rezam e deixam seus desejos por escrito nos vincos das pedras que formam o muro.

> Museu Yad Vashem: museu e memorial dedicado às vítimas do Holocausto, com muitas fotografias em homenagem aos judeus que sofreram e morreram durante a Segunda Guerra Mundial.

> Esplanada das Mesquitas: considerado o lugar mais sagrado para o povo judaico até sua destruição no primeiro século da era cristã e onde se encontra a terceira mesquita mais importante da religião islâmica.

> Outras dicas: Mercado Árabe, Cidade de Davi, Basílica do Santo Sepulcro, Portão de Jaffa, Via Dolorosa, Mesquita de Omar.

– Tel Aviv: metrópole conhecida pelo estilo de vida tipicamente ocidental, com praias urbanas e muitos museus. Também conhecida como a Grande Laranja. Entre os pontos turísticos imperdíveis estão:

>Museu de Arte de Tel Aviv: exposições temporárias e permanentes de artistas israelenses e estrangeiros. O acervo é formado por pinturas, desenhos, gravuras, esculturas e fotografias produzidas desde o século XVI até o século XX.

> Nova Ópera de Israel: baseada no Tel Aviv Center for the Performing Arts, o local recebe apresentações de programas clássicos e modernos.

> Teatro Nacional de Ha-Bimah: trata-se do primeiro e mais conhecido teatro de repertório do país. A maioria das apresentações é em hebraico, mas algumas produções contam com tradução simultânea para o inglês.

> Jaffa: no antigo porto de Jaffa estão algumas atrações importantes como o Relógio da Rua Yefet e o mercado das pulgas.

– Turismo natural: além dos pontos turísticos tradicionais, o turista que for a Israel não pode deixar de fazer passeios para conhecer a belíssima paisagem natural do país. Entre as opções, não dá para esquecer de:

> Mar Morto: mar conhecido pela alta taxa de salinidade e por ser o ponto mais baixo da Terra.

> Ein Avdat: cânion localizado no Parque Nacional.

> Ein Gedi: às margens do Mar Morto, trata-se de um local que reúne reserva natural, kibutz e jardins botânicos.

> Colinas de Gola.

> Mar da Galiléia.

Top