Viagem para Budapeste – Roteiro de Viagem

Você já pensou em alguma vez na sua vida em viajar para Budapeste? Bem, independentemente da resposta, seja positiva ou negativa, Budapeste poderá te…

Você já pensou em alguma vez na sua vida em viajar para Budapeste? Bem, independentemente da resposta, seja positiva ou negativa, Budapeste poderá te encantar sem nem mesmo saber aonde fica. Capital e maior cidade da Hungria, é um dos maiores locais da União Europeia. Fundada em 1873, seu nome é originário da fusão entre cidades: Buda e Ôbuda, na margem direita do Rio Danúbio, e Peste, localizada na margem esquerda.

Grandes lugares históricos, cafés, pontes, prédios e outros locais bastante diferentes e inusitados podem ser encontrados em Budapeste. Bonito estruturalmente, possui um charme e cultura diferentes do cotidiano no Brasil, mas algo que mereça ser visitado. Dizem que o livro de Chico Buarque, ‘Budapeste’, acaba retratando de forma perfeita a cidade. Para quem aprecia boa leitura e tem curiosidade por conhecer o lugar, é recomendável.

Os banhos termais são a especialidade de Budapeste. Quem tiver o prazer de viajar para o local, vale a dica de que além de relaxar, dizem que as águas termais naturais quentes possuem propriedades medicinais que auxiliam ao corpo. Um reduto de Spas que não pode ser deixado de ser conhecido. Os mais badalados ficam no Széchenyi e no Hotel Gellért. Há piscinas de todos os tamanhos, cheiros e cores. Pegue o Parque das Águas, em São Lourenço-MG, junte a um Parque Temático, como o Rio Water Planet- RJ, e a grandiosidade do lugar ainda será maior. Para quem preferir, ainda há a possibilidade de se deliciar com saunas quentes e a vapor.

Logo após um delicioso banho, nada melhor do que conhecer a cultura local, certo? Então, o Mercado central da cidade é uma boa pedida, conhecido como Nagy Vasarcsarnok. São mais de 150 metros de extensão com diversas bancadas oferecendo todo tipo de comida que você possa imaginar. A especialidade do lugar fica por conta de uma sopa com pedaços de carne chamada de Goulash.

Após relaxar e ficar alimentado, chega a hora de ir a lugares históricos de Budapeste. Há diversas possibilidades. O Castelo do Buda é uma delas. Fica no topo de uma montanha, próximo a Igreja de São Matthias, uma das principais católicas do local. Sempre há um evento diferente no castelo que, em seu entorno, acabou aglomerando casas, lojas e restaurantes.

Quem curte religião não pode deixar de visitar a Basílica de São Estevão. Santo padroeiro da Hungria, é idolatrado por ter sido o responsável pela identidade católica no país e criador do Estado Húngaro. A igreja abriga cerca de 8.500 pessoas sentadas e guarda como relíquia a mão direita do Santo. Sem dúvida, os húngaros são bastante devotos em relação a sua religião.

Mas, se você não quiser se envolver muito nas crendices de Budapeste, e ser apreciador de História, pode retomar seu roteiro de viagem avaliando os monumentos da Hungria. Conhecido como Szoborpark (ou Parque das Estátuas), localizado no subúrbio ao sul de Buda, o turista terá a chance de encontrar estátuas e réplicas de um período marcante da Hungria: o comunismo. As figuras são incríveis e merecem ser clicadas. Ao invés da destruição de um passado de horror, houve a sensibilidade de cultivar um momento crítico para que este não seja repetido no futuro.

Tão incrível quanto as imagens acima, podemos citar a Hösök Tere (Praça dos Heróis) como o cultivo à história. Figuras de reis húngaros e personagens importantes em guerras de independência, tendo no topo de uma coluna a figura de São Gabriel. Bem próximo as prédios do Museu de Belas Artes e o da Galeria de Artes. Outro lugar interessante é o Parlamento, onde existem visitas guiadas e local em que se pode contemplar as joias da coroa húngara.

É fascinante como um povo consegue aliar história, cultura e religião de uma forma tão sólida. Sem dúvida, eles não são um povo sem passado. Se você quiser ter uma viagem relaxante e repleto de cultura, Budapeste é uma ótima escolha. Não é à toa que é comparada a França, no quesito cultural.

Top