Viagem de avião: o que não é permitido na bagagem

Atualmente, fazer uma viagem de avião não é mais um luxo, devido a promoções feitas pelas companhias aéreas e a ascensão social de uma…

Por Editorial MDT em 31/12/2012

Atualmente, fazer uma viagem de avião não é mais um luxo, devido a promoções feitas pelas companhias aéreas e a ascensão social de uma grande parte da população brasileira. Porém, algumas regras precisam ser seguidas pelos passageiros, principalmente com relação a bagagem. Além de ser cobrado pelo excesso de peso – o que torna imprescindível que se decida melhor o que irá ser colocado na mala – o cliente também não pode levar alguns artigos em sua bagagem. Saiba quais são:

Viagem de avião: o que não é permitido na bagagem

Existem alguns itens que não são permitidos na bagagem em uma viagem de avião, mas apenas podem ser levados nas malas despachadas. Isso ocorre em cumprimento a normais internacionais de segurança, mas a lista de itens pode variar de acordo com a empresa aérea e o país para o qual se está indo. Além disso, vale frisar que os agentes de segurança podem pedir a retirada de artigos da bagagem, tanto da que é despachada quanto da bagagem de mão.

O que não é permitido nas bagagens em viagens de avião

Entre os artigos proibidos de levar em viagens de avião nacionais estão armas (ou cópias), objetos cortantes, pontiagudos ou que tenham ponta arredondada que possa causar ferimentos. O mesmo vale para produtos inflamáveis, explosivos ou químicos. Cosméticos e medicamentos podem ser transportados, desde que em embalagens com até 100 ml.

Já os itens não permitidos na bagagem de mão em viagens de avião internacionais incluem também produtos líquidos como aerossol, creme, pasta e gel. Os produtos só podem ser levados em embalagens de até 100 ml e postos em embalagem transparente plástica e que possa ser vedada. Esta embalagem deve ter capacidade de até 1 litro e não pode ser maior que 20 x 20 cm.

O limite de peso das malas é de 23 kg para viagens nacionais, acima disso há a cobrança pelo excesso. Já no caso de viagens internacionais, pode haver um limite que varia por peça ou peso. No primeiro caso, o passageiro pode levar duas bagagens com até 32 kg cada uma. Caso o limite seja estabelecido por peso, a bagagem não pode ter mais de 40 kg na primeira classe, 30 kg em classe intermediária, 20 kg em classe econômica e 10 kg para crianças de colo.

Veja também: Como Evitar Danos com Bagagem

Dicas para montar a bagagem de mão

Top