Via Rápida São José dos Campos, Curso gratuito SP 2012

A cidade de São José dos Campos está com mais de 2.500 vagas em aberto para os cursos gratuitos de capacitação profissional por meio…

Essa pode ser uma grande oportunidade de conquistar uma vaga no mercado de trabalho (Foto: Divulgação)

A cidade de São José dos Campos está com mais de 2.500 vagas em aberto para os cursos gratuitos de capacitação profissional por meio do programa Via Rápida. A ação tem como público-alvo os cidadãos que buscam aprimorar suas habilidades profissionais e aumentar as chances de inclusão no mercado de trabalho.

Leia também: Cursos gratuitos estética e beleza, Curitiba 2012

Via Rápida São José dos Campos: modalidades

As oportunidades estão distribuídas em 150 opções de cursos grátis nas áreas da comércio, construção civil,  indústria, agricultura, transporte e prestação de serviços. Entre as modalidades ofertadas estão operador de telemarketing, assistente administrativo, gastronomia, técnicas de vendas, agente de turismo, garçom, pedreiro, encanador, soldagem, logística básica, operador de empilhadeira, jardinagem e construtor de móveis. Os interessados podem consultar a listagem com as vagas no site www.viarapida.sp.gov.br.

Saiba mais sobre: Cursos gratuitos Colégio Estadual do Paraná 2012

 

O Via Rápida inclui as pessoas no mercado de trabalho (Foto: Divulgação)

Via Rápida São José dos Campos: inscrições

Os interessados em participar em um desses cursos gratuitos devem se inscrever por meio do site www.viarapida.sp.gov.br. Para participar é necessário ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e morar no Estado de São Paulo. Os documentos necessários que devem ser informados no cadastro são RG e CPF. Os alunos recebem material didático e subsídio de transporte no valor de RS 120. As pessoas desempregadas, que não estão recebendo nenhum benefício previdenciário, também têm direito à bolsa-auxílio mensal de RS 210 durante o período do curso.

Leia Também:  Cursos gratuitos SENAC Imperatriz MA 2017

A seleção dos alunos é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que considera critérios de idade (mais velhos tem preferência), escolaridade e renda familiar dos inscritos. Quem está desempregado ou é arrimo de família, tem prioridade. Os selecionados são informados por meio de correspondência oficial. As turmas iniciais estão previstas para o final de julho.

Top