Vasco apenas empata com o Atlético-GO, mas reassume a ponta

Jogo equilibrado em São Januário terminou empatado por 1 a 1. Resultado colocou o Vascão novamente na liderança

Animado com a convocação para a Seleção Brasileira, Diego Souza marcou o gol do Vasco

O empate do Vasco em 1 a 1 diante do Atlético Goianiense não foi totalmente frustrante para os vascaínos. Apesar de tropeçar em casa, o resultado serviu ao menos para recolocar o Vasco na liderança do Brasileirão. Agora, o time da Colina soma 46 pontos, um a mais que o vice-líder São Paulo.

Por sua vez, o Atlético Goianiense fez mais um bom jogo fora de casa e continua em uma posição intermediária na tabela de classificação.

Jogo lá e cá!

A torcida do Vasco atendeu aos pedidos dos jogadores e compareceu em grande número ao estádio de São Januário. Empolgado, o Vasco entrou em campo decidido a reassumir a liderança do torneio. Logo aos cinco minutos, Eder Luis fez jogada individual e bateu para fora.

Porém, o Atlético Goianiense não se intimidou com  o caldeirão vascaíno e encarou o time da casa. Com boas jogadas, o Dragão incomodava o Vasco. Aos 17 minutos, Rafael Cruz bateu falta com perigo e o goleiro Fernando Prass afastou.  Aos 22, o goleiro nada pode fazer.  Rafael cruz cruzou na área e Anselmo cabeceou com perfeição para abrir o placar.

O Vasco sentiu o gol e passou a ser dominado pelos goianos. Com boa troca de passes, o Atlético envolvia a zaga vascaína, que sentia a falta de Dedé. Aos 28 minutos, Juninho arriscou de fora da área, mas Fernando Prass fez ótima defesa.

Apesar da superioridade momentânea dos goianos, foi o Vasco quem marcou. Aos 32 minutos, Fagner foi na linha de fundo e cruzou para Diego Souza cabecear e empatar o jogo. Cinco minutos depois, o Vasco utilizou a mesma arma e quase virou. Fagner novamente cruzou para Diego Souza cabecear, mas desta vez a bola foi na trave.

Leia Também:  Em temporada dourada, Santos colecionou títulos

Equilíbrio deu o tom também na segunda etapa

Na segunda etapa, o jogo seguia aberto, com as duas equipes partindo em busca do gol da vitória. Com o Dragão aberto, o vasco agredia e quase chegou ao gol da virada aos 20 minutos. Eder Luis fez uma jogada brilhante pela direita, invadiu a área e cruzou. Diego Souza dominou, mas foi travado na hora da finalização. Pouco depois, de novo o time da Colina teve a chance de marcar o gol da virada. Elton aproveitou cruzamento na área, mas finalizou fraco e Márcio defendeu sem problemas.

O Atlético também tentava assustar, principalmente por meio da velocidade do atacante Juninho. Em uma das esticadas para o atacante, Juninho partiu para cima e foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, Fernando Prass salvou a equipe vascaína.

Aos 41 minutos, o Vasco respondeu. Juninho Pernambucano bateu falta colocada, mas a bola subiu demais e passou sobre o gol de Márcio. O Vasco tentava o gol e quase marcou aos 43. Após bate rebate na área, a bola sobrou nos pés do atacante Elton, que foi travado na hora da finalização.

Nos minutos finais, ainda criou uma boa chance de marcar o gol da vitória, mas Fernando Prass salvou o Vasco. Apesar do empate, o time da Colina reassume a ponta do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

Vasco 1×1 Atlético-GO

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Allan), Victor Ramos, Renato Silva e Julinho (Márcio Careca); Rômulo, Eduardo Costa, Juninho e Diego Souza; Eder Luis (Bernardo) e Elton. Técnico: Cristovão Borges

ATLÉTICO-GO: Márcio, Rafael Cruz (Joílson), Gilson (Leonardo), Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Vítor Júnior (Ernandes); Juninho e Anselmo. Técnico: Hélio dos Anjos.

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)

Leia Também:  Henry Castelli e Fernanda Vasconcelos

Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)

Cartões amarelos: Diego Souza (VAS); Anderson, Pituca, Bida e Rafael Cruz (AGO)

GOLS: Anselmo, 22’/1ºT (0-1); Diego Souza, 31’/1ºT (1-1)

 

Top