Uvas e vinho tinto ajudam a queimar gordura

Uvas e vinho tinto ajudam a queimar gordura, é o que afirmam pesquisadores da Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos, após a…

Uvas e vinho tinto ajudam a queimar gordura, é o que afirmam pesquisadores da Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos, após a realização de estudos com animais de laboratório obesos.

Uvas e vinho tinto ajudam a queimar gordura (Foto Ilustrativa)

A pesquisa, conduzida por Neil Shay, analisou os efeitos que quatro compostos extraídos das uvas viníferas Muscadínea (Vitis rotundifolia) tiveram sobre os camundongos gordinhos que participaram do estudo. E o resultado a que a equipe chegou foi que essas uvas auxiliam na queima de gordura.

Além dos camundongos, gordura humana cultivada em laboratório e culturas de células do fígado também fizeram parte do estudo, ficando sob a ação dos compostos extraídos dessas uvas utilizadas na fabricação de vinho.

Emagrecimento repentino pode ser causa de doença

Descubra o quanto água de torneira pode fazer mal à saúde

Uvas e vinho tinto ajudam a queimar gordura

A pesquisa mostrou que composto de uvas viníferas inibem a formação de células de gordura (Foto Ilustrativa)

Para chegar à conclusão de que beber vinho queima gordura, o pesquisador americano afirmou que a ação do ácido elágico, um dos compostos extraídos da uva, foi decisiva. É que ele reduziu bastante o crescimento das células de gordura já existentes e inibiu a formação de novas, além de incrementar o metabolismo dos ácidos graxos nas células do fígado.

Com isso, esse composto presente na uva acaba auxiliando na melhora do peso corporal, já que ao aumentar a queima de gordura, principalmente no fígado, ele potencializa a função hepática nas pessoas que estão com excesso de peso.

O suco de uvas também pode ter o mesmo efeito (Foto Ilustrativa)

Teoricamente, os resultados podem ser alcançados consumindo as uvas de cor escura naturalmente, bebendo vinho tinto ou até mesmo ingerindo suco natural feito com elas.

Leia Também:  Descamações na pele: o que fazer

No entanto, os próprios pesquisadores da Universidade de Oregon informam que não se trata de uma fórmula milagrosa para emagrecer. Segundo eles, a ideia é desenvolver uma dieta que diminua o acúmulo de gorduras no fígado, utilizando alimentos tão comuns quanto as uvas.

Nada de exagerar no consumo do vinho

Para aproveitar os benefícios do vinho, é preciso consumí-lo com moderação (Foto Ilustrativa)

Mesmo com os resultados apresentados pelo estudo americano, informando que tomar suco de uvas escuras ou beber vinho tinto pode ajudar na melhora da saúde de quem sofre com excesso de peso, é preciso ter moderação, especialmente na hora de ingerir vinho.

Os benefícios do vinho vão muito além dessa nova descoberta (previne várias doenças, favorece a redução da pressão sanguínea, etc), mas para aproveitá-los, é preciso beber com moderação, em torno de uma ou duas pequenas taças por dia.

Como se trata de uma bebida alcoólica e calórica, o excesso no consumo pode causar justamente os efeitos contrários.

Top