USP resolve recorrer a Justiça contra ocupação da reitoria

Na madrugada desta quarta-feira (3), estudantes da USP – Universidade de São Paulo, dominaram há cerca de 15 horas a reitoria da instituição da…

Na madrugada desta quarta-feira (3), estudantes da USP – Universidade de São Paulo, dominaram há cerca de 15 horas a reitoria da instituição da universidade, na Zona Oeste de São Paulo.

Do lado de fora dos edificios, estudantes encapuzados reafirmaram suas exigências, aparelharam uma barreira em frente ao edifício e não aceitam a entrada de pessoas que nao sejam protestantes. A segurança da universidade e a Polícia Militar monitoram a situação dos estudantes.

Os estudantes da faculdade desejam que a Polícia Militar desocupe o campus da Universidade de São Paulo e a anulação de quaisquer processos administrativos contra funcionários e professores.

A decisão de invadir o edifício da reitoria foi adotada depois da realização de uma assembleia de alunos na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH)  que após cinco horas optou pelo fim da ocupação do prédio da diretoria da faculdade, iniciada na madrugada da última quinta-feira (27). “A assembleia geral dos estudantes da USP deliberou por ampla maioria ocupar o prédio da reitoria da universidade”, divulgaram os protestantes, em nota sobre a ação. “Esta ocupação é uma continuidade da ocupação da administração da FFLCH”, explicaram.

A Universidade de São Paulo, no entanto, irá solicitar a Justiça que faça a reintegração da posse do prédio da Reitoria, a qual será feita, no início desta quinta-feira.

Segundo a nota, a reunião foi finalizada às 21h45 e foi decidido seguir os passos legais para  retomar o edificio da Administração  Central. “Importante destacar que, por dever legal, o gestor público tem obrigação de pedir a reintegração de posse do imóvel invadido. O deferimento da reintegração deverá ser analisado pelo juiz. Ressalte-se também que espera-se, entretanto, que a situação se resolva sem que sua execução seja necessária”, descreve a nota.

Leia Também:  Antistax Tratamento para Varizes

Top