Uso de drogas durante gravidez: consequências

A gestação é um período que necessita de cuidados especiais. Um dos principais deles, é que as mães fiquem longe do consumo de qualquer…

A gestação é um período que necessita de cuidados especiais. Um dos principais deles, é que as mães fiquem longe do consumo de qualquer substância que possa vir a ocasionar malefícios tanto à vida materna, quanto fetal. Tendo isso em vista, conheça mais sobre o uso de drogas durante a gravidez e suas consequências. 

Saiba o que a gestante não pode fazer durante a gestação.

Durante a gestação, a mãe deve seguir alguns cuidados, de forma a evitar graves consequências ao bebê. (Foto: divulgação)

Conheça mais sobre as consequências do uso de drogas na gravidez

Todas as substâncias consumidas pela mãe, independente de serem saudáveis ou não, possuem efeitos sobre a criança que está sendo gerada. Assim, conheça mais sobre as consequências do uso de drogas durante a gravidez.

  • Álcool

Logo após o álcool ser consumido pela mãe, a substância atinge a placenta. Quando esse hábito se torna frequente, algumas alterações fetais podem surgir, em especial, em relação a formação da face infantil e do desenvolvimento neurológico do pequeno. Assim, é imprescindível que a futura mamãe evite a ingestão, mesmo que moderada, de bebidas alcoólicas na gravidez.

  • Cigarro

Da mesma forma que o álcool, os efeitos do cigarro também são muito danosos para os bebês, durante a gestação. Um dos principais efeitos envolvidos, é a diminuição do volume dos vasos sanguíneos que é uma consequência ocasionada pela nicotina. Como resultado, ocorre um dano ao cordão umbilical, local por onde passa toda a alimentação do bebê. Além disso, essa alteração pode ocasionar a diminuição do calibre dos vasos, o que prejudica a oxigenação e o alimento do bebê. Assim, em geral, as gestantes fumantes costumam dar à luz bebês com baixo peso e que apresentem problemas respiratórios. Dessa forma, é imprescindível que a gestante cesse ou diminua o hábito de fumar.

O uso de álcool e de cigarro, deve ser evitado durante toda a gestação. (Foto: divulgação)

  • Maconha
Leia Também:  Saiba como fazer uma lipo mais segura

As gestantes que fumam maconha durante a gravidez pode ser responsável pela apresentação de dificuldades de desenvolvimento fetal. Além disso, há evidências de que pode aumentar a possibilidade de defeitos congênitos e de distúrbios de comportamento nos primeiros anos de vida do pequeno.

  • Cocaína

O uso da cocaína proporciona os mesmos efeitos maléficos e tóxicos tanto para as gestantes, quanto para os fetos gerados. Além disso, o seu consumo diário pode ser responsável pelo desenvolvimento de problemas cardíacos e falta de oxigenação.

  • Medicamentos em geral

Em relação aos medicamentos, é imprescindível que a gestante busque a orientação de um médico antes de fazer uso de qualquer remédio. Isso porque alguns medicamentos podem trazer graves consequências ao bebê gerado, em especial, em relação ao seu desenvolvimento.

Saiba mais sobre o uso de drogas durante a gravidez, inclusive suas consequências. (Foto: divulgação)

Antes de consumir qualquer tipo de substância, a gestante deve buscar a orientação de um especialista. Após conhecer mais sobre o uso de drogas durante a gestação e quais são as consequências, é ideal que a gestante aceite abandone todos os maus hábitos, de forma a evitar futuras e graves problemas à vida do seu filho.

 

 

Top