Uso de aquecedores no inverno: cuidados, dicas

Com a chegada do inverno, todo mundo começa a se preparar para suportar o frio. É por isso que nesta época do ano há…

Com a chegada do inverno, o aquecedor de ar é a solução encontrada pela maioria dos consumidores para espantar o frio.

Com a chegada do inverno, todo mundo começa a se preparar para suportar o frio. É por isso que nesta época do ano há um aumento considerável na venda de cobertores, edredons, blusas, jogos de cama e demais produtos.

Outro item que vira alvo dos consumidores nesta estação são os aquecedores. Com este aparelho, você pode deixar o ambiente mais agradável e afasta o frio. Todavia, seu uso exige certos cuidados, caso contrário, você corre o risco de prejudicar a sua saúde.

Se não tomar alguns cuidados, o uso do aquecedor pode trazer problemas a sua saúde.

Em primeiro lugar, você precisa saber que existem vários tipos de aquecedores disponíveis no mercado. Os modelos a gás e a água são os que demandam maior atenção. Como podem atingir temperaturas elevadas, eles devem ter um termostato capaz de desligá-los automaticamente assim que começarem a esquentar demais.

Outra opção é o aquecedor a óleo, que tem a desvantagem de poluir o ambiente assim como um ar condicionado com o filtro sujo. De acordo com os especialistas, o aparelho menos prejudicial à saúde é o do tipo elétrico. Mesmo assim, também é preciso alguns cuidados na hora de usá-lo. Confira, logo abaixo, as orientações que separamos e tenha um inverno livre de problemas.

Veja também: Melhores aquecedores para o inverno – preços, onde comprar.

Mantenha o aquecedor sempre limpo
Uma das recomendações mais importante sobre o uso de aquecedores é mantê-los sempre limpos. Com o passar do tempo, eles podem acumular fungos, bactérias, vírus e outros transmissores de doenças, agravando assim problemas pré-existentes, como bronquite, rinite, conjuntivite a demais reações alérgicas.

Manter o aquecedor sempre limpo é importante para evitar o acúmulo de bactérias, fungos e de agentes causadores de doenças.

Os médicos ainda explicam que a incidência de doenças respiratórias, neste caso, não está associada ao aumento de temperatura do ambiente, já que o ar frio também provoca o mesmo efeito, parando os cílios que revestem as paredes do sistema respiratório e, assim, permitindo a ação dos agentes causadores de problemas alérgicos no organismo.

Continuar Lendo  Chocolate quente faz bem para a memória

Confira: Melhores marcas de aquecedor para casa.

Prefira aquecedores que ingerem muita água
Na hora de escolher o seu aquecedor, veja quais são os modelos que ingerem maior quantidade de água, pois isso ajuda a evitar o ressecamento do ambiente. Outra opção é comprar um umidificador de ar, que também auxilia na respiração. Apenas tome cuidado para não usar este aparelho por muito tempo, já que em excesso ele pode favorecer o desenvolvimento de ácaros e fungos, por causa da umidade.

Choque térmico
Outro cuidado importante é com relação ao choque térmico. Sair de um ambiente aquecido para outro mais frio pode ser um problema para idosos e crianças, cujo sistema imunológico é mais sensível. Caso esteja dentro de casa e precise ir para a rua, agasalhe-se bem. Além disso, evite deixar o aquecedor em temperaturas muito altas. O ideal é mantê-lo em torno dos 22 graus.

Colocando estas dicas em prática você passará um inverno quentinho sem deixar de lado a sua saúde.

Top