Tumulto em jogo de futebol no Egito mata dezenas de pessoas

Após o jogo entre Al Msry e Al Ahly, nessa quarta feira, pelo Campeonato Egípcio, na cidade de Port Said, ocorreu uma confusão que…

Por Editorial MDT em 01/02/2012

Tumulto durante partida de futebol do Campeonato Egípcio.

Após o jogo entre Al Msry e Al Ahly, nessa quarta feira, pelo Campeonato Egípcio, na cidade de Port Said, ocorreu uma confusão que culminou em 74 mortes e mais de mil feridos, sendo que 150 deles estão em estado crítico.

☰ CONTEÚDO

Como ocorreu o tumulto

A confusão começou logo após o término do jogo, quando o time Al Masry venceu o campeão nacional por 3 a 1. Empolgados com a vitória, os torcedores lançaram fogos de artifício, invadiram o campo, agrediram os jogadores e a comissão técnica do time Al Ahly.

O tumulto piorou quando alguns dos torcedores do Al Masry armados com facas, partiram em direção aos fãs do Al Ahly, que eram visitantes, deixando o confronto ainda mais grave.

Alguns jogadores conseguiram se refugiar no vestiário. Todos ficaram desesperados:

Pessoas morreram e estamos vendo corpos agora. Um torcedor morreu no vestiário na minha frente” disse o jogador Mohamed Abou-Treika durante entrevista à emissora oficial do Al Ahly.

O atacante Fábio Júnior (ex-Vasco e Flamengo) faz parte do time Al Ahly e fez o gol de honra da equipe na ocasião. O treinador é o português Manuel José.

Jogadores se refugiam no vestiário.

Falta de proteção

Os jogadores reclamaram da falta de atitude da polícia local, que não conseguiu combater o caos.

Não tinha ninguém para nos proteger. Mas acho que é a nossa culpa porque fomos a campo jogar a partida. As autoridades tinham medo de cancelar o campeonato porque eles só pensam em dinheiro. Eles não ligam para as vidas das pessoas” disse o jogador Mohamed Barakat.

O resgate dos feridos

Na tentativa de resgate, helicópteros do exército egípcio transportaram os feridos para hospitais da região e também agiram no resgate dos jogadores que estavam no estádio. Mesmo assim o número de mortos e feridos foi muito grande.

Suspensão do campeonato Egípcio

A Federação de Futebol do Egito anunciou que o campeonato nacional do país está suspenso por prazo indeterminado.

Outro jogo que ocorria no mesmo horário do tumulto teve que ser interrompido e cancelado. Isso devido ao fato da confusão em Port Said e também pelo inicio de um incêndio que começou na arquibancada, por manipulação errada de fogos de artifícios pelos torcedores.

Os times que estavam disputando, na capital do Cairo, eram Zamalek e Ismaily SC.

O Ministério da Justiça já acionou procuradores locais para investigarem os motivos da invasão e apontar os responsáveis. Saad al Katani, presidente do Parlamento egípcio, convocou uma reunião de urgência para debater a tragédia que ocorreu em Port Said, buscando soluções para o problema.

Policial socorre torcedor ferido.

Top