Trocar o berço pela cama: dicas

O bebê está tranquilo e confortável no seu bercinho. Porém, você percebe que as suas pernas e braços já estão grandes demais para aquele…

Um dia, você percebe que o seu filho está grande demais para o bercinho dele. (Foto: Divulgação)

O bebê está tranquilo e confortável no seu bercinho. Porém, você percebe que as suas pernas e braços já estão grandes demais para aquele pequeno espaço. Então, você compreende que ele cresceu e está na hora de colocá-lo para dormir em uma cama. Contudo, nem sempre essa troca é fácil para o bebê. Sendo assim, veja aqui algumas dicas de como trocar o berço pela cama.

A criança deve participar de todas as fases dessa troca. Portanto, converse seriamente com ela a esse respeito, dizendo que ela está muito grande para dormir no berço e que já é hora dela passar a dormir em uma cama, assim como os seus pais.

Então, leve-a à loja de móveis para que ela lhe ajude a escolher a cama mais bonita e confortável. Em seguida, comprem os lençóis, o travesseiro, a coberta e a fronha juntos. Desse modo, ela se sentirá mais segura e ficará impaciente para dormir na nova cama.

Se a criança tiver a cama que ela escolheu, a sua adaptação será muito mais fácil. (Foto: Divulgação)

Entretanto, tenha cuidado ao escolher a cama ideal para o seu filho, pois ela não deve conter quinas pontiagudas e nem ser muito alta, pois isso dificultará o acesso dele ao colchão. No início, uma cama com proteção lateral é ideal, pois algumas crianças tendem a rolar bastante enquanto dormem.

Na hora em que a cama for entregue em casa, não dê sumiço ao berço imediatamente. Explique para a criança onde ele vai ficar para não causar traumas repentinos nela, afinal, ele foi seu companheirinho durante muito tempo.

Leia Também:  Brinquedos educativos - dicas

Nos primeiros dias, é importante que os pais incentivem o seu filho a dormir na cama, dizendo-lhe que ele já é um “mocinho” e que, portanto, já é hora de jogar fora o velho berço, que é para bebês. Se você tiver um filho mais velho, o processo fica mais fácil, porque é só comparar o menor ao maior, que já dorme na cama.

Além disso, fique um pouco com a criança em seu quarto até que ela se acostume à nova situação. Com o passar do tempo, ela se acostuma com a cama e não causará mais problemas para dormir.

No início, fique no quarto até que a criança durma. (Foto: Divulgação)

Todo processo de troca pode ser traumático para as crianças, pois elas se sentem invadidas quando perdem algo que lhe pertenceu. Por isso, a troca do berço pela cama deve ser feita com muito cuidado, paciência e compreensão.

Top