Tristeza comum e depressão: como diferenciar

Tristeza comum e depressão: como diferenciar

Editorial MDT 28/04/2016 Bem Estar

A depressão é uma doença que afeta cerca de 340 milhões de pessoas no mundo todo, ou seja, uma entre cinco pessoas em algum momento da vida já teve um quadro depressivo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença deve ser tornar a principal nos próximos anos. Saiba mais sobre o assunto e veja como diferenciar tristeza comum e depressão.

A depressão causa tristeza profunda e duradoura. (Foto: divulgação)

O que é depressão

Trata-se de um distúrbio emocional, reconhecido como uma doença atualmente. A doença é caracterizada pela tristeza profunda e baixa autoestima, que pode ser provocada por estresse, problemas financeiros, assedio moral, falta de emprego, frustrações, luto, trabalho e outras causas biológicas. Existe uma alteração química cerebral, onde os neurotransmissores não são produzidos de maneira correta. Dentre eles, a noradrenalina, serotonina e dopamina, que atuam nos impulsos nervosos.

É preciso que o indivíduo consulte o médico psiquiatra ou psicólogo para que seja feita uma avaliação do caso. Se o diagnóstico de quadro depressivo for feito, deverá ser iniciado um processo de psicoterapia e também um tratamento medicamentoso. Depois de muitos anos de pesquisa, o Código Internacional de Doenças, incluiu o luto dentro do quadro de depressão.

Como diferenciar tristeza comum de depressão

Existe uma grande diferença entre tristeza e depressão. A tristeza pode acontecer devido a um fator do dia a dia, onde o individuo sofre com aquilo até assimilar o que está acontecendo, além disso, não dura mais do que quinze a vinte dias. Porém, a depressão se instala e se não for tratada pode piorar ainda mais, passando por três estágios, leve, moderada e grave.

A tristeza dura apenas algumas semanas. (Foto: divulgação)

Sintomas da depressão

Normalmente, a pessoa pode apresentar dois ou mais sintomas:

  • Falta de motivação
  • Apatia
  • Perda ou aumento de apetite
  • Medos
  • Dificuldade de concentração
  • Elevado grau de pessimismo
  • Indecisão
  • Insônia
  • Sensação de vazio
  • Ansiedade
  • Irritabilidade
  • Insegurança
  • Raciocínio lento
  • Angustia
  • Esquecimento
  • Dores sem causas aparentes (dor de barriga, azia, má digestão, dor de cabeça, dor no corpo, pressão no peito, tensão na nuca e ombros)

    Vários fatores podem desencadear depressão. (Foto: divulgação)

A depressão é uma doença séria que exige tratamento para eliminação dos sintomas. A diferença entre uma tristeza e depressão está na duração do humor deprimido, que geralmente é persistente em caso depressivo. É preciso ficar atento para os sintomas de depressão  e procurar ajuda de um especialista para avaliar e dar início ao tratamento da doença.

Outros artigos

Promoção Portas Abertas Renault 2013

06/06/2013

Promoção Portas Abertas Renault 2013

A Promoção Portas Abertas Renault premiará sete pessoas com um automóvel Renault Sandero, além de distribuir mais de 2 mil pequenos prêmios, entre pen drives, iPods ...

10 tendências de moda primavera/verão 2019

29/10/2018

10 tendências de moda primavera/verão 2019

Fique por dentro das 10 tendências de moda primavera/verão  2019. O verão 2019 já tem todas suas tendências divulgadas e muitas mulheres já estão escolhendo quais sã...

Praia do Forte BA, Pousadas, Roteiro

09/04/2011

Praia do Forte BA, Pousadas, Roteiro

O roteiro de viagens das pessoas costuma ser variadas, umas preferem um lugar mais calmo, mais frio, já outras preferem uma viagem cultural, histórica, mas a pre...